Sem tempo para ler? Que tal OUVIR esse texto? Aperte o play abaixo e ouça o post.

Em dias corridos e tecnologia avançada, muitas famílias não reservam um momento para conversar ou simplesmente comerem juntas. A falta de convívio familiar tem se tornado comum na sociedade atual e pode acarretar inúmeros problemas, não só para o casal, mas principalmente para a relação de pais e filhos.

O uso de celulares e tablets nas horas vagas podem sim comprometer o diálogo entre as pessoas que moram em uma mesma casa. Ficar horas jogando ou conversando nas redes sociais pode influenciar as crianças, por exemplo, a não terem a intimidade precisa com os seus pais. É óbvio que os avanços tecnologicos são muito bem-vindos, porém é preciso ter limites e saber quando e como usá-los corretamente.

Refeições em família

A convivênica familiar vai muito além de perguntar em um carro como foi o dia. Nem sempre é possível almoçar junto, mas tomar o café da manhã e jantar já é um bom começo para quem deseja essa aproximação.

Acorde mais cedo e estabeleça um horário para a primeira refeição do dia. Prepare os alimentos a serem ingeridos, de preferência naturais. Monte um cardápio para seus filhos e tente ao máximo evitar os produtos industrializados.

Já no jantar, você pode preparar o menu com a ajuda de todos. Veja com antecedência o que gostariam de comer e deixe os ingredientes separados. Assim que chegar em casa, convide sua família para o passo a passo. Cozinhar pode se tornar uma terapia e tem o poder de unir as pessoas.

Não tem ideias do que preparar? Faça uma noite de pizza e outra de hambúrgueres saudáveis. Lanches naturais e macarronada também são muito bem-vindos.

Bate-papo

Como já foi dito, uma conversa boa não é aquela resumida em uma ou duas perguntas. A chave para ter um relacionamento saudável, tanto de homem e mulher quanto de pais e filhos, é o diálogo.

Conversar sobre tudo, sobre o dia, a escola, a comida, o tempo, os medos e os problemas cria um grande vínculo familiar. Não abra mão desse tempo por nada.

Filme aos finais de semana

É apaixonado por filmes e séries? Então experimente assisti-los em família. Se seus filhos forem pequenos, escolha um bem atrativo e que tenha certeza que eles iriam gostar. Animações podem ser bem divertidas.

Horta orgânica caseira

Hortas caseiras são benéficas por vários motivos. A partir do momento que você opta por alimentos orgânicos, contribui para a saúde do organismo, além da facilidade em colher o que você mesmo plantou. Então que tal juntar a família para fazer uma em casa? Não é preciso ter muito espaço, basta reservar um local do seu quintal. Ou então, se morar em apartamento, separar aquele lugar próximo da janela.

2971387149_4a216bd71c_o

Passeios em família

Saia da mesmice do cotidiano e vá se divertir com sua família. Um simples passeio ao parque pode ser tudo o que precisam para fortalecer esse convívio. Mas se quiser ir mais longe, tomar um sol na praia ou um banho de cachoeira não é nada mal. Faça piqueniques, visite museus ou simplesmente mostre a cidade para seus filhos.

Fé como união

A fé em um mesmo caminho pode sim ajudar a unir mais a família. Orar um pelo outro e fazer a leitura de um livro sagrado juntos contribui para o fortalecimento desse vínculo.

Tarefas domésticas para todos

É realmente chato uma pessoa ficar responsável pela arrumação da casa. Dividir as tarefas domésticas entre os membros da família, além de ser mais rápido, ajuda a ter um diálogo mais fluído, já que não é possível organizar tudo sem conversar. Outra vantagem é mostrar que todos são responsáveis pelo lar e que precisam estar em sintonia para que a casa continue arrumada.

Yoga com a família

Entre muitas atividades que se pode realizar juntos, a yoga é uma das mais pedidas. Apesar de ser comum ir em estúdios, é possível realizar as posturas da prática onde quiser, até mesmo em casa. Só escolha um lugar calmo, sem interferência direta da rua, e faça os asanas na companhia do parceiro.

Crianças também podem realizar yoga, só que não da mesma forma que os adultos. As aulas dos pequenos são mais simples e contêm brincadeiras e músicas para incrementar.

A prática acalma a mente e alonga o corpo. Também tem o poder de regular a respiração, diminuir níveis de estresse e ansiedade, fortalecer a musculatura dos braços e pernas, aumentar a concentração e a autoestima.

Faça em casa

Curtiu nossas dicas? Então não deixe de conferir os cursos online da plataforma NAMU Cursos. Nela você encontra aulas de gastronomia saudável, pilates e yoga, todas feitas especialmente para você se divertir sozinho ou em família.

Entre o conteúdo dos cursos de culinária podemos destacar cardápios veganos completos, menus vegetarianos, marmitas equilibradas e técnicas de congelamento. Já nos cursos de yoga, você tem inúmeras opções de métodos, que vão de hatha a ashtanga yoga.

Curte mais pilates? Então pratique bastante com os cursos de pilates, que possuem tanto aulas tradicionais quanto mais agitadas.

Fotos: Visit Lakeland / Flickr: Family in a spa / CC BY-ND 2.0; Saw Htoo / Flickr: Child / CC BY 2.0