Mindful eating, como o nome já sugere, é a filosofia e as técnicas do mindfulness aplicados ao hábito de fazer suas refeições. Entretanto, muito longe de ser “mais do mesmo”, as técnicas voltadas à percepção do que estamos comendo fazem todo o sentido e podem verdadeiramente trazer mais saúde e qualidade de vida.

Para falar tudo sobre isso, convidamos o nutricionista esportivo João Motarelli que, além de explicar o conceito de mindful eating, mostra como sua prática pode melhorar a nossa saúde física e mental. Assista a entrevista completa para entender muito mais sobre o assunto:

O que é mindfulness

A correria do dia faz com que as pessoas fiquem estressadas e cheias de tensões. Inclusive, o desequilíbrio gerado no cotidiano pode contribuir para sérios problemas de saúde. É por isso que muitos procuram práticas, como o mindfulness, para manter a harmonia entre o corpo e a mente. Mas, afinal, o que é mindfulness?

Mindfulness é a atenção plena. É vivenciar o momento presente sem pensar no que está por vir. 

A prática do mindfulness também pode ser definida como a consciência clara e sincera do que realmente acontece para nós e em nosso interior nos momentos sucessivos de percepção.

benefícios do mindful eat

 No jargão terapêutico, esse tipo de meditação é descrito como “atenção contínua”. Alguns autores, no entanto, a definem como “estado de consciência e atenção viva” ou o “estar desperto à realidade presente”.

Como posso, então, aplicar essa técnica no meu dia a dia? O mindful eating é uma opção.

O que é mindful eating

Existem diversas formas de praticar o mindfulness, e uma delas é o mindful eating. 

Também chamado de mindfulness eating, “Mindful eating é observar pensamentos, emoções, sensações de fome, saciedade. A resposta dessa comida ao seu corpo enquanto você come”, declara o nutricionista esportivo João Motarelli. 

A técnica do mindful eating é conhecida como o comer consciente. É saber exatamente o que você coloca no prato.

Pense: 

  • Você lembra da sua última refeição? 
  • O que tinha no cardápio
  • Quais eram os sabores e as texturas dos alimentos? 

Infelizmente, esses detalhes acabam por ser esquecidos pelas pessoas, já que muitas nem se quer se sentam na mesa para almoçar.

“Quando a gente observa indivíduos que comem de uma forma mais intuitiva, a gente vê que esses indivíduos têm melhores parâmetros relacionados a saúde”, reforça o nutricionista.

Benefícios do mindful eating

As práticas do mindfulness ajudam no desenvolvimento do foco necessário para a vida diária e auxiliam na percepção de respostas automáticas que muitas vezes refletem hábitos e comportamentos não saudáveis. Com o mindful eating, isso não é diferente. 

Há estudos dizendo que os programas de mindfulness (como o mindful eating) contribuem para a diminuição da compulsão alimentar. 

Programas que incluam práticas meditativas e controle cognitivo e emocional podem melhorar a capacidade de autorregulação e monitoramento sobre o comportamento de comer. Desta forma, elas possuem um papel importante para o tratamento de doenças como a obesidade e para a promoção de saúde.  

Curso online de mindfulness  

Agora que você sabe muito mais sobre mindful eating, quer saber mais sobre mindfulness e entender sua origem? Conheça o curso online Mindfulness: meditação em movimento com a professora renomada internacionalmente Tamara Russell. Com o curso de mindfulness do Namu você estuda e pratica quando e onde quiser.