Qualidade de vida

Tratamento estético: Você conhece a eletrotermoterapia?

A eletrotermoterapia é um tratamento estético que ajuda a combater problemas como celulite, flacidez e gordura localizada

  • 11 de out, 06:10
  • 0
o que é eletrotermoterapia?

A eletrotermoterapia é um tratamento estético com aplicação nas áreas de fisioterapia e estética geral. Consiste em aplicações de estímulos térmicos e elétricos para desordens estéticas como celulite, flacidez e gordura localizada. 

Este artigo aborda três recursos modernos de tratamento estético facial e corporais com os equipamentos da eletrotermoterapia: o ultrassom combinado, a radiofrequência e a eletrocriorredução. Acompanhe a seguir.

eletrotermoterapia

Inovações eficientes no tratamento estético

Os recursos terapêuticos para tratamento estético para as áreas de beleza e saúde têm avançado muito nas últimas décadas. Novas indicações, comportamentos fisiológicos, entendimento da interação tecidual e conhecimento de causa e efeito são alguns exemplos de inovações geradas em pesquisas científicas nacionais e internacionais.

Além disso, os avanços tecnológicos empregados nos recursos utilizados na eletrotermoterapia permitem que a dia após dia eles possam ser utilizados de forma eficaz nos tecidos a serem tratados. Vejamos a seguir então, os principais deles:

Tratamentos estéticos na eletrotermoterapia

Ultrassom 

Na eletrotermoterapia, o recurso de ultrassom aumenta a vascularização dos tecidos e o metabolismo2. Por esse motivo, a técnica tem se mostrado um recurso eficiente no combate à adiposidade. Isso acontece principalmente porque o equipamento associa o ultrassom a uma corrente polarizada que contrai a musculatura ao mesmo tempo em que atua no sistema linfático, o que traz excelentes resultados com poucas sessões3,5

Dessa forma, esse processo estimula o metabolismo adiposo e contribui para redução de medidas e aumento do tônus muscular. 

Radiofrequência

O uso do equipamento de radiofrequência em eletrotermoterapia estética é consagrado no tratamento estético para flacidez, gordura localizada e celulite. Atualmente, esse procedimento tem sido utilizado na região da face para melhorar o tônus e torná-lo mais jovial. 

De acordo com o dermatologista Abdo Salomão Jr., especialista da Sociedade Brasileira de Dermatologia esse método é indicado para amenizar rugas finas e poros muito abertos.

O procedimento é simples e utiliza as mesmas ondas de radiofrequência corporal que dão forma ao tratamento. O calor gerado estimula intensamente o colágeno e as fibras elásticas da pele. Como resultado, melhoram a aparência geral e reduzem a flacidez. 

É importante salientar que a aplicação de radiofrequência só pode ser feita em adultos com mais de 25 anos. Além disso, ela é contraindicada para pessoas que utilizam marca-passo cardíaco, tenham doenças do colágeno (lúpus eritematoso sistêmico, esclerose sistêmica progressiva etc.) e utilizem drogas fotossensibilizantes.

A aplicação de radiofrequência na face é vantajosa em razão de ter efeitos colaterais, apenas uma vermelhidão momentânea (eritema) logo após a sessão. Para que o resultado seja satisfatório, são recomendadas de seis a oito sessões. Os serviços são oferecidos em clínicas de estética e o preço pode variar.

Eletrocriorredução

O método de eletrocriorredução, que a combina radiofrequência com pulsos magnéticos é recente e tem sido muito utilizado na eletrotermoterapia. Consiste em um aparelho com oito eletrodos na peça de mão que emitem impulsos elétricos e magnéticos alternados distribuídos na superfície da pele. 

O calor produzido pela absorção de radiação eletromagnética afeta as estruturas celulares a induz a um movimento de rotação rápida das moléculas de água em campos magnéticos alternados. Cabe explicar que a resistência e a produção de calor dependem da capacidade de absorção do tecido tratado. 

O fator mais importante para eficácia desse tratamento estético é o aquecimento do tecido celular pelo maior tempo possível. Isso porque a lipólise (quebra das células de gordura) e a microvascularização melhoram a circulação sanguínea e linfática, estimulam o colágeno e a elastina e reduzem a flacidez de pele. Esse tratamento é indicado contra celulite, gordura localizada e envelhecimento da pele.

Eletrotermoterapia no dia a dia

Embora os resultados obtidos com a eletroterapia sejam satisfatórios, é preciso ressaltar que além dos tratamentos, alguns cuidados diários, como alimentação equilibrada, prática de atividades físicas, uso de cosméticos adequados e regularidade nas sessões auxiliam a manter os efeitos obtidos.1,4

Isso porque as novas tecnologias são excelentes para o tratamento satisfatório dos contornos corporais, mas um corpo saudável depende também de hábitos equilibrados.

E por falar em alimentação equilibrada, conheça também os cursos de alimentação saudável da plataforma NAMU.

Tratamento estético caseiro pode ajudar a diminuir a celulite e a gordura localizada?

Se você busca alternativas naturais à prática da eletrotermoterapia, saiba que os tratamentos feitos em casa ajudam muito. Deve-se prosseguir uma frequência diária no começo. Procedimentos como a esfoliação seguida de automassagem nas coxas e glúteos aumentam a circulação e aceleram o metabolismo local, fazendo com que a resposta do corpo venha mais rapidamente.

Procurando uma forma de cuidar da beleza de forma mais natural? Então conheça os cursos de cuidados pessoais da plataforma NAMU cursos. Online e em vídeo, eles foram desenvolvidos para que você possa cuidar da sua beleza de forma saudável e equilibrada.

Ao efetuar a sua inscrição, você aprenderá a fazer os seus próprios cosméticos naturais em casa, com métodos que não agridem o meio ambiente, o ecossistema e, principalmente, a sua saúde.