Caminhada pela manhã, à noite, algumas horas de exercícios físicos. Essa seria uma rotina normal de quem deseja estar em dia com o seu corpo, afinal, ter a estrutura sarada está entre os principais desejos de muitas pessoas. Para isso, elas não medem esforços: vão todos os dias a uma academia e levam uma vida de atividades bem regrada. A alimentação equilibrada também faz parte da lista. Produtos industrializados não são as primeiras opções, uma dieta saudável é o ideal, já que o intuito é a perda de peso. O que muitos não sabem, é que diversas práticas podem ajudar nesse quesito, entre elas, o pilates.

O pilates fitness é uma modalidade da prática criada por Joseph Pilates. Ele consiste em trabalhar toda a estrutura do corpo, além dos princípios básicos da atividade: controle, concentração e respiração. O fitness é uma ótima escolha para quem almeja ter um corpo mais torneado e investir para um melhor condicionamento físico.

Assim como os demais tipos de pilates, o fitness pode ser feito no solo ou com o auxílio de aparelhos. No solo também é comum realizar os exercícios com o uso de utensílios, como a bola e o elástico. Porém, quem opta por fazer em casa, pode substituir esses instrumentos com outros mais comuns.

O aumento da resistência corporal é uma das principais vantagens do pilates fitness. Como as aulas são mais dinâmicas e os exercícios bem diversificados, os resultados da prática constante podem vir mais rápido do que as demais modalidades, se relacionados a questão de emagrecimento. Os benefícios vão além disso: redução da ansiedade e estresse, melhora na respiração, alívio de dores, aumento de flexibilidade e concentração também são.

Quando se vai a um estúdio, o mais comum é encontrar aulas de pilates tradicional ou terapêutico. Mas qual é a diferença? O pilates fitness, como já foi descrito, é para quem deseja ter um corpo mais definido, além de um melhor condicionamento físico. Já o tradicional, trabalha para as pessoas que desejam melhorar a postura ou tratar outros problemas, como dor lombar e tensões musculares. Lembre-se, tanto em um quanto no outro é preciso ter consciência corporal e respeitar o próprio corpo, nada de exagerar nos exercícios.

Dicas: antes de iniciar a prática de pilates fitness, é necessário realizar uma avaliação física. Faça os exercícios pelo menos duas vezes por semana e não se esqueça de ingerir alimentos saudáveis. Não adianta focar nas atividades físicas se seu cardápio for pobre em nutrientes.

Exercícios de pilates fitness

Preparados? Veja essa sequência de exercícios que a professora Sheila Dionísio, do curso de pilates para iniciantes, preparou especialmente para você.


Exercício 1 (Preparação)

1

Deite no mat com uma roupa confortável. Comece a prática abraçando as pernas. Observe o seu posicionamento e mantenha o pescoço bem alinhado.

2

Em seguida, estique os braços e as pernas. Cresça e espreguice-se. Concentre-se no exercício.

1

Inspire, solte e abrace as duas pernas.

4

Estique as duas pernas para cima, espreguice-se.

1

Dobre as duas pernas novamente. Inspire e solte outra vez.

Repita esses movimentos por algumas vezes.

5

Coloque os dois pés no chão e abra os braços na lateral. Em seguida, conduza os joelhos para um lado e olhe para o outro. Retorne ao centro e faça para o outro lado.

Inspire, solte, torça.

Ao final, abrace as duas pernas novamente.


Exercício 2

6

Coloque os dois pés no chão e deixe os braços para baixo com os dedos das mãos abertos. Mantenha o crescimento da coluna. Lembre-se de inspirar pelo nariz e soltar o ar pelo nariz e pela boca.

7

Eleve o braço e dê umas batidas para baixo, como se estivesse com uma bola. Faça uma força consciente.

Uma dica: para realizar esse movimento, faça força atrás do ombro e no tríceps. Repita o movimento cinco vezes.

8

Vire a palma da mão para cima e “empurre” para cima, assim como no anterior, mas ao contrário. Repita cinco vezes.

Ao realizar essa batida para cima, a força virá da área anterior do braço e do ombro.

Alterne esse movimento. Cinco para baixo, cinco para cima.

Cinco batidas para baixo (inspire em todas), cinco para cima (expire em todas).

9

Flexione a coluna, o ideal é olhar para um ponto fixo em sua frente. Contraia o abdômen e estenda a perna.

10

Cinco batidas para baixo, puxe a respiração.

Cinco para cima, solte a respiração.

Repita dez vezes as respirações. Ao final, dará cem vezes. Caso sinta dificuldade com as pernas estendidas, opte por flexioná-las ou coloque os pés no chão.

1

Deite e abrace suas pernas.


Exercício 3

11

Coloque os pés no chão e abrace uma perna. Deixe a coluna crescer. Troque a perna. Continue com a troca.

Inspire, solte e puxe. Vá alternando as pernas. Você também pode fazer esse exercício com a cabeça apoiada no chão.

12

Em seguida, faça a posição da coluna. Quando puxar a perna, olhe para o lado que puxou. Continue alternando.

1

Desça e abrace as pernas novamente.

13

Flexione a coluna, olhe para um ponto fixo a sua frente. Inspire, solte e estenda uma perna. Acelere os movimentos.

Gire o tronco e vá trocando.

14

Abrace as pernas mais uma vez.

Faça em casa

Gostou dos exercícios? Que tal aprender mais? No curso Pilates para iniciantes você aprenderá diversos movimentos, ótimos para o fortalecimento muscular, condicionamento físico e perda de peso. Não se esqueça de compartilhar com seus amigos.

Continue acompanhando nossas postagens pelo Facebook, Twitter e Instagram.

Foto: Robert Bejil / Flickr / CC BY 2.0