Seja por uma decepção ou pelo estresse do dia a dia, podemos passar por momentos delicados em determinadas fases da vida. Angústia, dor e tristeza podem ser consequências de situações que, muitas vezes, não sabemos lidar da melhor maneira possível. Apesar de parecer clichê, um jeito de driblar tudo o que nos deixa para baixo é ter o prazer de fazer o que mais gostamos, mas para isso é preciso ter autoconhecimento e a dança pode servir de grande ajuda.

Dança é sinônimo de leveza, de ser livre. A dança é capaz de libertar o melhor que temos dentro de nós. É um momento único de conhecer o nosso corpo físico e a nossa alma. É quando podemos expressar todos os sentimentos guardados em cada passo realizado. Seja em uma simples festa ou em uma apresentação mais elaborada, quem gosta de dançar sabe o quão bem ela faz.

Benefícios por completo

Mas assim como faz bem para a mente, a dança também é ótima para o corpo. Quando realizada como atividade física, traz inúmeros benefícios para os músculos, postura e perda de peso. Uma aula de ballet blend com uma hora de duração, por exemplo, ajuda a perder de 300 a 500 calorias. Ainda tem dúvidas? Confira outras vantagens que a dança pode proporcionar:

  • melhora do sono e do humor
  • fortalecimento dos membros superiores e inferiores
  • alívio de dores
  • aumento da flexibilidade
  • correção da coluna
  • boa respiração
  • aumento do condicionamento físico
  • melhora da coordenação motora
  • aumento da concentração
  • melhora da autoestima
  • convívio social
  • boa memória

Viu quantos benefícios? E para praticar não é preciso muito, basta ter um pouco de tempo e disposição.

Se não sabe qual estilo escolher, listamos algumas opções:

  • balé tradicional
  • ballet blend
  • flamenco
  • tango
  • bolero
  • samba
  • samba rock
  • rumba
  • salsa
  • country
  • frevo
  • lambada
  • valsa
  • hip hop
  • street dance
  • jazz
  • dança do ventre
  • rockabilly
  • lindy hop
  • sapateado

Agora que já sabe o nome de alguns estilos, que tal escolher um?

Quem pode dançar?

Essa é uma pergunta frequente. Não é preciso ser expert ou ter grande flexibilidade para iniciar uma aula de dança, até porque essa atividade ajuda a deixar o corpo mais flexível. É um erro muito comum pessoas se privarem de algo que gostem por medo de errar ou não serem tão boas quanto os demais. Esqueça isso e dê o seu melhor.

Crianças, adolescentes, jovens, idosos, homens e mulheres estão liberados para dançar a vontade, desde que não tenham sérios problemas de saúde, nesse caso o aval do médico é imprescindível.

Faça em casa

Não é novidade que tudo o que sentimos reflete no corpo, é por isso que a dança pode ser uma importante aliada da saúde física, mental e emocional. O ballet blend, método criado pela professora e educadora física Anninha Martins, é uma boa escolha para quem deseja manter o equilíbrio em um todo. As aulas aliam coreografias do balé clássico com ginástica localizada e proporcionam grande bem-estar. Conheça o curso agora mesmo e divirta-se!

Fotos: voltamax / Pixabay / CC0 Creative Commons; AdinaVoicu / Pixabay / CC0 Creative Commons; Bernard-Verougstraete / Pixabay / CC0 Creative Commons