Praticar atividades físicas é fundamental para a manutenção da saúde. Por isso, seja qual for a sua idade, nunca é tarde para iniciar uma modalidade. Uma boa opção é optar por um exercício que trabalhe o corpo e a mente, como é o caso do pilates para iniciantes.

Quer entender melhor esse assunto? Então, continue lendo o nosso post! Aqui você confere como funciona esse método e alguns cuidados importantes para tirar o melhor proveito dele. Veja!

O método pilates

Idealizado por Joseph Pilates no ano de 1920, essa modalidade consiste em uma série de exercícios realizados em equipamentos próprios ou no solo. A base dos seus movimentos é dividida em:

  • respiração;
  • centro da força;
  • fluidez;
  • concentração;
  • precisão;
  • controle.

O objetivo dessa prática é o domínio e a ligação entre a mente e o corpo. Além disso, ela aumenta a qualidade de vida, por aliviar dores e fortalecer a musculatura. Confira mais alguns benefícios do pilates para iniciantes e veteranos:

  • relaxamento muscular;
  • melhor oxigenação do sangue;
  • equilíbrio corporal;
  • desenvolvimento da coordenação motora;
  • correção da postura;
  • tonificação dos órgãos internos;
  • auxílio no controle do peso.

O que saber antes de praticar pilates

Assim como em todas as atividades físicas, o pilates deve ser praticado com alguns conhecimentos prévios, especialmente no caso de iniciantes. Entre as principais características, destacamos a seguir as que lhe ajudarão a ter os resultados desejados em seu corpo.

Importância da rotina de treino

Para ter resultados mais rápidos, o indicado é praticar a atividade, pelo menos, duas vezes por semana, por cerca de 50 minutos ou 1 hora por aula. Ainda assim, com uma aula por semana você já terá os benefícios a longo prazo. O mais importante é manter a regularidade dos exercícios.

Diversidade de atividades

Os exercícios de pilates podem ser executados de diferentes maneiras, até na sua própria casa. Para isso, basta ter a orientação de profissionais especializados em aulas on-line. Por serem atividades de baixo impacto, tanto gestantes quanto crianças e idosos podem ser alunos da modalidade.

Maior facilidade após várias aulas

É comum que o aluno, em suas primeiras aulas, apresente dificuldade na realização de algumas posições. Como já mencionado, é preciso da coordenação dos movimentos junto da respiração e concentração. Além disso, muitas pessoas podem não ter ainda muita flexibilidade corporal.

A boa notícia é que, no decorrer das aulas, essas dificuldades diminuem e o praticante logo percebe sua evolução. Por isso, vale a pena não desanimar no início do curso.

Possibilidade de prática paralela de outros esportes

Você só acrescenta benefícios ao unir o pilates a outro esporte de sua preferência. Isso porque, ao fazer atividades que melhoram a flexibilidade, disposição e respiração, você ganhará ainda mais energia para a execução dos demais atividades.

Enfim, como pôde ver, a prática de pilates para iniciantes pode ser feita de maneira bem tranquila e segura. Basta ter persistência e disciplina para que os efeitos positivos apareçam de maneira satisfatória.

Então, gostou do post? Agora que aprendeu mais sobre pilates, entre em contato conosco e conheça nossos cursos online! Você aprenderá todos os exercícios no conforto do seu lar. Esperamos por você!