Trabalhar longas horas não é nada fácil, principalmente quando o serviço é cansativo e cheio de estresse. Muitos chegam ao ponto de acumular tanta tensão, que acabam por agredir sem querer o próprio corpo. Engana-se, porém, quem acredita que só o lado mental é prejudicado. O físico também pode sofrer, inclusive o organismo se encarrega de ativar os sintomas, por isso fique atento.

Enxaqueca, ansiedade, gastrite e má postura são alguns indícios de que algo não anda nada bem. Entre as atividades mais comuns que auxiliam a aliviar o estresse e, em alguns casos, os demais transtornos está o pilates. Além de aumentar a flexibilidade e a concentração, também é ótimo para quem sofre com dores de coluna, muito comuns para quem fica sentado ou em pé por várias horas ao longo do dia.

Pensando nisso, separamos duas posturas do curso Pilates em casa, equilíbrio e consciência do corpo, ministrado pela professora Gerusa Gurak, que te ajudarão a manter a saúde da sua coluna. Confira:

Em pé

pilates_

Primeiro, separe um local confortável em sua casa, de preferência que consiga deitar sem muito aperto.

O primeiro exercício é em pé, então fique posicionado. Inicie com a respiração, pois ela é de grande ajuda quando o assunto é concentração e bem-estar.

Coloque as mãos nas costelas e distribua o peso nas solas dos pés. Inspire e deixe as costelas se abrirem. Devagar, solte o ar pela boca e deixe as costelas se fecharem naturalmente. Na inspiração, as costelas se expandem. Na expiração, a coluna vai para o alto. Procure deixar a tensão na respiração. Sinta o ar chegando no pulmão, solte o ar, feche as costelas e cresça. Repita várias vezes.

Feito esse exercício, continue na mesma posição. É importante ressaltar que quando se distribui o peso do corpo de forma organizada e natural, é possível evitar as dores na coluna e, em outros casos, também aliviá-las.

Incline o seu corpo para a frente, deixe o peso ir até os dedos dos pés. Devagar, incline para trás. Refaça o movimento e tente não se desequilibrar. Respeite o limite do seu corpo. Repita: peso para a frente, peso para trás. Esses movimentos acordam os músculos dos pés e dos tornozelos, além da musculatura central.

Deitado

pilates

Deite no mat, abrace as pernas e espreguice-se. Estenda os braços e as pernas. Inspire abraçando as duas pernas. Sinta a lombar tocar no chão e solte o ar espreguiçando-se. Cresça e repita quantas vezes achar necessário.

Em seguida, fique na posição de coluna neutra (ela proporciona mais proteção aos discos e tira a sobrecarga desnecessária da região da lombar).

Para iniciar o exercício, é preciso imaginar que está em pé, ou seja, fique o mais alinhado possível. Não encoste a lombar no chão, pois é preciso deixar as curvas do corpo aparecerem. Deixe a sobrecarga na região do sacro, além do quadril bem pesado, e tire todo o peso da lombar. Aproxime a lombar do chão, como se seu umbigo quisesse grudar nas costas e volte para a coluna neutra, para que o osso púbico fique mais alinhado. Repita o movimento.

É possível aliviar as dores e tensões da coluna com esse movimento de mobilização (calmo, tranquilo e alinhado a respiração), pois é o primeiro passo para quem almeja alcançar a saúde e vitalidade dessa região.

Que tal começar hoje mesmo as aulas de pilates? Você nem precisa sair de sua casa, basta adquirir um curso online e colocar uma roupa confortável. Não perca mais tempo.

Foto: Fit Approach / Flickr / CC BY- SA 2.0