O yoga gravitacional é um dos tipos de yoga que mais vem ganhando adeptos em todo o Brasil. A prática de suas posturas pode parecer inusitada, mas além de trazerem bem-estar, proporcionam benefícios para a saúde física e mental.

Se você chegou até aqui, provavelmente já ouviu falar dela e se interessou. Quer saber mais e descobrir se é para você?

Nas próximas linhas, você vai conhecer a história oa yoga gravitacional (que se confunde com a história de Pedro Goulart) e como sua invenção tem trazido benefícios para a saúde de cada vez mais pessoas. Confira!

De acidente trágico à yoga gravitacional

O paraquedas abre, mas duas de várias cordas que ligam a lona ao corpo do aventureiro aéreo se rompem. Pedro Goulart de Andrade Filho, designer de sapatos, paraquedista, faixa preta de taekwondo, iogue autodidata, calcula, arrisca. Não abre o reserva.

O solo se aproxima numa fração de segundo. Ao realizar a manobra de pouso, vê o equipamento sucumbir com o tranco antes da aterrissagem. Despenca de pé na pista do aeroporto. O fêmur quebra sua bacia, comprimindo a coluna.

O acidente, em 1992, quase o deixa tetraplégico. Já havia sofrido uma grave queda de moto. A lenta recuperação com a fisioterapia devolve a ele muitos movimentos.

O corpo, porém, parece estar comprimido: são 4 hérnias de disco, 3 cervicais e 1 toráxica. Incentivado pela irmã, ele inicia-se na prática de yoga.

É cético. Não acredita poder obter boa evolução física. Nota, contudo, em algumas posturas de yoga, a ocorrência de estalos ósseos.

Descoberta

Reabilitado, mais ou menos oito meses depois, ele volta a saltar, apesar das dores. Percebe que a queda livre incomoda e pairar com o paraquedas aberto. Na verdade, não!

A força gravitacional proporciona alívio. A resposta do corpo foi imediata, sem a necessidade de fazer cirurgias que todos os especialistas foram taxativos em dizer que seriam imprescindíveis. Bastava estar pendurado sob o paraquedas.

O próprio esporte que causou o acidente pode ajudar na cura.

Como surgiu o yoga gravitacional

O yoga gravitacional começou a surgir quando Goulart decidiu simular o efeito da altitude perto da terra firme, usando a força da atração e deixando a gravidade realinhar e reestruturar seu corpo.

Inspirou-se nas botas que o ator Arnold Schwarzeneger utilizava nos anos 1980 para realizar exercícios abdominais e as adaptou nas tradicionais barras suspensas presentes em qualquer academia de ginástica.

Ficar pendurado, de cabeça para baixo, esticando o esqueleto com a ajuda de alças, das botas, da barra fixa e da gravidade, aliado à prática de posturas do hatha yoga transforma-se em remédio, cura, antídoto.

Mais do que isso: torna-se o que hoje é conhecido como yoga gravitacional.

yoga gravitacional

Depoimentos sobre yoga gravitacional

O yoga gravitacional “é um vício”, afirma Sérgio Ricardo Severino, 43 anos, instrutor da modalidade.

Sérgio dá aulas deste tipo de yoga no parque do Ibirapuera, em São Paulo. Conheceu Goulart em 2005.

Desde então, o “pupilo” do paraquedista desenvolve a prática da yoga gravitacional ao lado de seus alunos.

“Quem tem experiência em ginástica olímpica, bicicleta ou lutas, por exemplo, aprende mais rápido”, afirma Severino.

Benefícios do yoga gravitacional

De acordo com o professor, os benefícios do yoga gravitacional são muitos:

  • oxigenação cerebral;
  • fortalecimento muscular;
  • controle da respiração;
  • elasticidade;
  • leveza;
  • alívio de dores nas costas, ombros e pescoço;

“Tudo devido à descompressão causada pela inversão do corpo em relação à gravidade”, enumera o professor.

“O yoga gravitacional é coadjuvante no tratamento de desvios da coluna e hérnias de disco. Proporciona um alinhamento geral e controle sobre os eixos do corpo”, diz Severino.

“A prática desenvolve o equilíbrio físico e mental, traz um ganho de tônus muscular e uma grande força abdominal, além de um aumento expressivo na altura devido ao realinhamento geral do corpo.”

O yoga gravitacional ainda “melhora a circulação de todos os fluidos e ajuda o corpo a eliminar toxinas. Otimiza significativamente o poder de memória e raciocínio e ainda oferece uma incrível sensação de bem-estar ao final da prática.”

“É um complemento para o praticante de outros tipos de yoga. Antes de praticar ashtanga [um estilo de hatha yoga que valoriza a respiração durante as posturas] sempre faço a yoga gravitacional”, conclui, satisfeito, com um leve sorriso no rosto.

Hatha yoga e yoga gravitacional

Yoga gravitacional é, portanto, um conjunto de técnicas respiratórias profundas e de posturas de hatha yoga que preparam o aluno para se exercitar e meditar com o corpo suspenso, usando um equipamento especificamente projetado para este fim.

Os movimentos de hatha yoga presentes nao yoga gravitacional buscam o equilíbrio entre as forças solar (ha) e lunar (tha), respectivamente masculina e feminina.

Nesse sentido, segundo a tradição hindu, isso é obtido através da união da mente com a alma. É uma linha centrada no trabalho de corpo, na realização de posturas (asanas).

Junto à prática destas posições de hatha yoga, o método da yoga gravitacional pode proporcionar uma sensação plena de flutuação, de estar entregue à força da gravidade. Permite assim que a coluna e as articulações trabalhem livres de compressões e impacto.

Yoga para iniciantes 

Os exercícios do yoga gravitacional devem ser ministrados por um professor. Os iniciantes precisam primeiro aprender a técnica e ganhar confiança antes de se pendurar na inversão.

“Nesses casos, introduzimos o yoga pré-gravitacional. São movimentos com os pés no chão, que trabalham também a força nos punhos até que o aluno aprenda a controlar o peso do corpo”, diz Sérgio Ricardo Severino.

Desde que se encontrou com o paraquedista Pedro Goulart, Sérgio tem saído do chão para um salto de qualidade em sua prática de yoga gravitacional – não mais do que uns dois ou três metros – altura aproximada da barra fixa.

Nessas barras são acopladas as botas onde praticantes de yoga, curiosos, sedentários, atletas e gente de todo o tipo andam se pendurando de ponta cabeça.

Por que não observar o mundo por outro ângulo e somar atividades em prol do equilíbrio e do bem-estar?

Cursos de yoga online

Gostou de conhecer o yoga gravitacional e agora quer se aprofundar na prática? Que tal conhecer um pouco mais da hatha yoga, sua principal inspiração, e aproveitar para corrigir a sua postura? Conheça agora mesmo o curso online de hatha yoga e alinhamento de postura em dupla, encontre um parceiro de prática e melhorem juntos sua saúde!