Reparou como é bom acordar disposto e feliz? Parece que tudo fica mais leve e suportável. O trabalho chato não fica tão irritante, o trânsito caótico não tira a paciência. Muitas vezes o problema se encontra logo ao amanhecer, quando a mente está a mil e os pensamentos para o dia já são negativos. Acredite, isso não é nada bom. E para mandar todo esse estresse e negatividade embora, atividades como yoga e pilates podem ser de grande ajuda, principalmente para aqueles que não gostam de ir a academia. Uma postura é capaz de relaxar o corpo, trazer paz e melhorar a energia, assim como os pranayamas e a meditação.

É obvio que se quiser levantar alegre e de preparado para a correria, é necessário ter uma noite de sono esplendida. Também não se esqueça de agradecer, agradeça ao despertar, seja grato pelo descanso, por tudo que se inicia. O sentimento de gratidão faz parte de uma vida saudável e contribui para o aumento de felicidade.

A importância de uma boa noite de sono

Uma noite mal dormida compromete o restante do dia, isso é fato. Simples atividades cotidianas podem aumentar as chances de ter insônia, assim como o estresse. Não há pessoa que resista a tantas noites sem dormir. Alguns atos são capazes de auxiliar, e muito, quando o sono não quer chegar.

Michael Krugman, fundador do Sistema de Sono Sadio, declara que adultos devem dormir de sete a nove horas por dia, tempo que não se adequa a todas as crianças e adolescentes. Ele ainda afirma que a melhor maneira de acordar bem, é descansar horas seguidas, sem interrupções. Uso de aparelho eletrônicos? Nem pensar! Assista televisão ou leia no tablet até uma hora antes de se deitar.

O ideal é manter o relógio do sono. Deite sempre no mesmo horário e, de preferência, procure realizar atividades que te façam bem, como os exercícios físicos. A yoga, como já foi citado, é uma ótima opção para quem deseja dormir bem e acordar melhor ainda.

Benefícios da yoga

A yoga é uma prática milenar, mais do que isso, é um estilo de vida. Há quem a siga como inspiração e modelo de vivência, ou seja, segue todos o que é pregado, seus ensinamentos. Já outros a veem mais como um método de relaxamento eficaz que, além de proporcionar inúmeras vantagens para a mente, também tem a capacidade de melhorar o corpo físico. E não é mentira.

Se realizada constantemente, a yoga fortalece a musculatura e corrige a postura, além de aumentar a consciência corporal e a flexibilidade. A prática relaxa o corpo, alivia dores e tensões e mantem o equilíbrio entre o corpo e a mente. Uma pesquisa realizada por doutorandos do Instituto de Psicologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, constatou que a yoga também diminui os níveis de estresse e ansiedade.

“Quase todos os estudos que examinaram os efeitos do yoga na ansiedade, relataram que tal intervenção diminui consideravelmente os níveis de ansiedade e estresse, quando comparado ao grupo-controle. Além disso, quando o yoga é confrontado com outras intervenções como o relaxamento, observa-se que ambas as técnicas produzem reduções na ansiedade, mas só yoga é capaz de melhorar significativamente diferentes domínios do estado de saúde, como a saúde mental e a função do papel emocional”, afirma a pesquisa.

A respiração é outra beneficiada. “[…] técnicas de respiração yoguica exercem influência sobre mecanismos respiratórios involuntários e modulam a interação entre sistema nervoso simpático e parassimpático (eixo HPA), mudando profundamente os padrões de respiração e, consequentemente, o curso das emoções”, completa o estudo.

Quem pode praticar yoga?

A yoga pode ser feita por qualquer pessoa, desde que não tenha restrição médica. Jovens, adultos, idosos e até crianças estão liberados para realizar a prática. É claro que a idade e a necessidade de cada um podem limitar certo tipo de posturas, então é de extrema importância respeitar o limite do próprio corpo, para que não ocorram futuras lesões.

Uma boa ideia para quem não tem tempo de ir a um estúdio e quer começar o dia com movimentos relaxantes, são os cursos online de yoga. Além de econômicos, oferecem todos benefícios de uma aula presencial. Outra vantagem é poder realizar onde e quando quiser.

Posturas de yoga para fazer em casa

Que tal sua manhã ser tranquila e proveitosa? Confira, a seguir, uma sequência de yoga e faça assim que acordar, verá que o seu dia será muito mais iluminado.

Postura 1

1

Com as pernas estendidas, flexione o joelho esquerdo e traga o pé sobre a coxa. Com a mão esquerda, pressione o joelho para baixo diversas vezes. Lembre-se: o braço realiza o movimento, não a perna. Sinta o movimento.

2

Estenda a perna novamente e flexione a outra perna, levando o pé sobre a coxa. Pressione a coxa outra vez, por diversas vezes. A respiração é livre.

3

Estenda as duas pernas mais uma vez. Agora, sente com as pernas cruzadas. Apoie a mão direita no solo e alongue o braço esquerdo em cima da cabeça. Estenda a lateral do tronco. Cresça na postura.

4

Inspire e retorne devagar. Complete para o outro lado: mão esquerda para o solo, alongue o braço direito. Estenda a coluna. Sinta a posição e volte devagar inspirando.

Postura 2

5

Sente-se sobre os calcanhares. Flexione o tronco a frente e estenda os braços o máximo que puder. Abra os dedos, apoie as mãos firmemente no solo.

6

Apoie os dedos dos pés no chão, deixe os pés afastados, cerca de um palmo.

7

Estenda um pouco as pernas e eleve o quadril, mas mantenha os joelhos um pouco flexionados.

Mantenha as mãos no chão, o peito na direção das pernas e alongue toda a coluna. Crie uma linha reta, desde as mãos até o quadril. Caso seja mais flexível, estenda os joelhos, sem perder a linha reta.

Sustente um pouco a posição

8

Fique na ponta dos pés e eleve os quadris. Traga a perna direita para frente, com o pé direito entre as mãos, o mais perto possível.

Use o apoio do pé esquerdo e volte com a perna direita para trás. Repita três vezes esse movimento.

Inspire, perna para a frente. Volte a perna para o seu lugar.

9

Refaça o movimento com a outra perna. Caso não consiga levar o pé próximo às mãos, não se preocupe, puxe com a mão até chegar mais perto.

10

Refaça o movimento.

Traga a outra perna e relaxe na posição.

11

Suba o tronco lentamente.

Gostou das posturas? Então aprenda mais sequências completas no curso online de yoga básico. Nele você encontra nove aulas dinâmicas que te ajudarão a desenvolver o equilíbrio emocional.

Foto: liz west / Flickr / CC BY 2.0