A maioria das mulheres passa pelo período menstrual, no qual ocorre a eliminação dos óvulos não fecundados. Normalmente, a menstruação dura em média de quatro a sete dias, dependendo de cada organismo. Apesar da difícil medição, especialistas alertam que o limite habitual da perda desse sangue é de 80 mililitros, caso passe, é de extrema importância consultar o seu médico. Porém, também é nessa época que meninas e senhoras sofrem com cólicas e com a tensão pré-menstrual, a famosa TPM. Mas o que fazer?

Muitas são as tentativas para diminuir a dor e deixar o corpo relaxado. Uma parte das mulheres prefere as alternativas mais naturais, como os chás e remédios caseiros. Já outra, se rende aos medicamentos e acaba por sentir alguns efeitos colaterais, como sonolência. Há quem opte também pelos exercícios físicos. Além de contribuírem para a manutenção do corpo, podem ser de grande auxílio quando o assunto é prevenção e alívio das cólicas menstruais.

Como cada corpo reage de uma forma, é preciso seguir e respeitá-lo de acordo com o seu limite. Por exemplo, existem algumas fases do ciclo menstrual, e em cada uma delas o organismo sofre alterações. É importante não forçar nada, caso se sinta cansada demais. Mas é incrível que, ao fazer algum tipo de atividade, como pilates e caminhada, são eliminados hormônios que amenizam e servem como um analgésico para esse período. Melhora do humor, concentração, respiração e diminuição do estresse e da ansiedade também estão entre os benefícios.

O yoga também é uma ótima opção para quem sofre com cólicas. Suas posturas (ásanas) e técnicas de respiração (pranayamas), são capazes de harmonizar o corpo e a mente e relaxar os músculos. Em conversa com a professora de hot yoga Andrea Wellbaum, o blog do NAMU Cursos separou seis ótimas posturas para diminuir as dores durante o ciclo menstrual. Confira:

Borboleta (yin)

Badhakonasana

a_baddhakon_asana_meditation

Sente-se com a coluna ereta, abra o peito. Em seguida, junte a sola dos pés, com os calcanhares próximos a região da pélvis. Segure os pés com as duas mãos entrelaçadas. Inspire e leve os joelhos para baixo. Expire e leve o tronco para a frente. Sinta a postura e volte devagar.

Esfinge (yin)

Salamba bhujangasana

10423083266_475e50fdc4_o

Inicie o asana deitada de bruços, com as pernas e os braços juntos. Em seguida, leve os braços para frente e alinhe os cotovelos em baixo dos ombros, ambos paralelos, e com os antebraços no chão. Empurre o tórax para frente e pressione, levemente, a região da pélvis para baixo. Respire, sinta a postura e faça novamente.

Atenção para manter o osso púbico (região da virilha) no chão.

Pombo deitado (yin)

Eka pada kapotasana

_r7a0413-copy

Leve a perna direita para a frente (dobrada), com o joelho entre as mãos. Aproxime o pé direito da região da virilha. Em seguida, estique a perna esquerda para trás. Alinhe o quadril e abaixe-o. Respire lentamente. Sinta a postura e faça do outro lado.

Peixe (yang)

Matsyasana

7523092000_459ec6a555_o

Inicie a postura sentada, com as pernas cruzadas e cada pé em cima de ambas as coxas. Em seguida, incline seu corpo para trás, com a coluna ereta, e sinta o peso em seus cotovelos. Coloque os dois braços no chão e vá inclinando o corpo, até encostar no chão. Inspire, abra o peito, curve a cabeça para trás. Encoste a cabeça no chão e sinta a postura. Volte lentamente.

Se achar muito difícil, é possível realizar o asana com as pernas esticadas.

Camelo (yang)

Ustrasana

yoganalu

Apoie os joelhos e o peito dos pés no chão, afastados, na largura do quadril. Em seguida, curve a coluna para trás e segure os calcanhares com as mãos. Jogue, lentamente, a cabeça para trás. Sinta a postura e volte devagar.

Arco no solo (yang)

Dhanurasana

yogaanderson

Inicie a postura deitada no chão, com a barriga para baixo. Em seguida, dobre os joelhos e aproxime os calcanhares da anca (quadril). Segure os tornozelos com as mãos. Inspire, abra o peito e eleve a cabeça. Sinta a postura e volte lentamente.

Gostou das posturas? Lembre-se que para aliviar as cólicas também é preciso ter uma alimentação saudável, então evite alimentos industrializados e gordurosos. Opte por cardápios equilibrados, essenciais para te dar todos os nutrientes necessários.

Conheça também cursos de yoga online e não se esqueça de compartilhar com seus amigos.

Fotos
Nicholas A. Tonelli / Wikimedia Commons (1); Amy / Flickr / CC BY 2.0 (2); Sarah Siblik / Flickr / CC BY-ND 2.0 (4)