Existe muito mais por trás da prática de yoga do que apenas a execução dos asanas e pranayamas. Posturas e exercícios de respiração são essenciais, mas existe muito conhecimento além das filosofias orientais que podem contribuir para a melhoria da qualidade de vida.

Aprender o que é vedanta, por exemplo, pode significar um aumento considerável no bem-estar e ainda ajudá-lo a desenvolver o autoconhecimento, aspecto fundamental para uma vida plena e consciente.

Entenda o que é vedanta, saiba por que esse conhecimento é tão significativo para o yoga e veja como potencializar o seu crescimento na prática. Boa leitura!

O que é vedanta?

Assim como as mais diversas civilizações têm textos sagrados, que servem como base para o estabelecimento de normas de conduta que perduram por séculos, os Vedas são escritos que, até hoje, são referência para alguns povos, principalmente para aqueles que seguem o hinduísmo.

Vedanta é o estudo a partir dos textos sagrados, escritos originalmente em sânscrito, e seria o conhecimento absoluto, o entendimento da verdade. A principal característica desse estudo é a busca pelo autoconhecimento e pelo desenvolvimento mental, emocional e espiritual. Os textos sagrados trazem diversas explicações a respeito do mundo, da vida e do “eu” e de como chegar ao vedanta.

O objetivo do vedanta é remover toda a ignorância proveniente da falta de empatia, da individualidade e do fechamento para tudo aquilo que, por algum motivo, não nos interessa. É o autoconhecimento que leva ao entendimento e à compreensão do absoluto.

Qual a sua relação com o yoga?

A prática de yoga está muito associada à execução dos asanas — posturas —, mas seu objetivo vai além disso. Sendo o vedanta o conhecimento absoluto, o yoga é o caminho para esse conhecimento, o estilo de vida capaz de preparar o corpo e a mente.

Cada asana traz benefícios para o corpo, como força e flexibilidade, mas também leva uma intenção que pode se manifestar a níveis emocionais e mentais. Por meio dos exercícios de respiração e da meditação, é possível acalmar a mente e prepará-la para a compreensão do vedanta, do conhecimento absoluto.

A prática de yoga vai muito além do tempo gasto no “tapetinho” — ela se manifesta no cotidiano por meio da forma de enxergar o mundo, da maneira de lidar com os seres ao seu redor e das atitudes que permeiam o dia a dia. Yoga é a disciplina da mente que prepara e conduz o corpo ao conhecimento — vedanta.

Como incorporá-lo à sua prática de yoga?

Para conseguir atingir esse conhecimento do absoluto, é preciso ter dedicação e paciência, e é possível inserir vedanta à sua prática de yoga para conseguir entender melhor esse processo de autoconhecimento.

Sempre que for dedicar um tempo para sentar no “tapetinho” e praticar algumas posturas, pense no que aquilo traz, preste atenção aos benefícios dessa prática e abra seu coração para entender o que está por trás da simples execução dos movimentos.

Entender o que é vedanta, além de contribuir para o entendimento dos reais benefícios da sua prática de yoga, pode ampliar sua visão de mundo, fazendo com que você se torne mais aberto às possibilidades, entenda melhor seus processos internos de desenvolvimento pessoal e sinta-se pleno com mais facilidade e por mais tempo.

Gostou do post? Então assine a nossa newsletter para receber o melhor conteúdo para promover sua qualidade de vida. Também não deixe de conhecer nossos cursos online de yoga, ótimos para quem deseja ter mais qualidade de vida.