O ser humano vive em um mundo onde a busca pelas coisas materiais, muitas vezes, é maior do que a paz interior. Grandes jornadas de trabalho e o excesso de consumo são prova disso. Ainda assim, uma boa porcentagem de adultos procura práticas, como o yoga, que os ajude a ganhar consciência dos próprios atos e harmonia entre o corpo e a mente.

Apesar desse assunto normalmente ser voltado para os mais velhos, já é possível ver crianças com resquícios de impulsividade, entre outros problemas, com a família e os colegas da escola. Por conta disso, muitos se perguntam o que pode ser feito para melhorar a saúde física e mental dos pequenos e manter o equilíbrio necessário para garantir o desenvolvimento infantil. E o yoga pode ser a resposta.

Meu filho pode praticar yoga?

Essa é uma pergunta muito comum entre os pais, principalmente por aqueles que já praticam ou são simpatizantes do método yoga, e a resposta é: sim. O yoga é uma prática que utiliza diversas técnicas para integrar o corpo e a mente dos pequenos, fazendo com que conheçam a si mesmos, respeitem os demais, se desprendam dos estímulos externos e saibam como lidar com os problemas do dia a dia.

Benefícios da prática de yoga

É cada vez mais comum escolas adotarem a prática de yoga no currículo de atividades. Especialistas acreditam que o método pode, de fato, contribuir para o crescimento intelectual e pessoal.

Flexibilidade e fortalecimento

Ao olhar para um lado mais físico, o yoga é uma ótima atividade para trabalhar o corpo. Assim como a dança, a ginástica e a natação, o método fortalece os músculos e aumenta a flexibilidade da criança, o que a ajuda a realizar sem muitas dificuldades as tarefas do dia a dia, tal como uma aula de educação física, que seria mais dinâmica.

Consciência corporal (limites)

Já reparou que quando alguém, adulto ou criança, não conhece o próprio corpo acaba por ter que lidar com alguns problemas, como lesões? A prática de yoga por crianças é uma boa forma dos pequenos ganharem consciência corporal e aprenderem a respeitar o limite do próprio corpo.

Concentração

Seu filho é muito distraído na escola? O yoga pode servir de grande ajuda. Para a realização dos asanas, é preciso ter, pelo menos, o mínimo de atenção e concentração. Com a prática constante, você verá que a criança estará mais concentrada, não só nos estudos, mas em qualquer outra atividade que tiver que realizar.

Respiração (estresse e ansiedade)

Os pranayamas, técnicas de respiração, são muito utilizados para manter o equilíbrio do corpo. Quando as crianças aprendem a respirar corretamente, o organismo sente a diferença e, então, os pequenos começam a demonstrar os resultados.

Por exemplo, uma respiração calma e fluída ajuda a melhorar a tensão e a aliviar sintomas de ansiedade. O nervosismo tende a trazer problemas sérios, por isso a importância de manter a calma.

Emoções

Saber lidar com as emoções é de extrema importância para a saúde. Uma aula de yoga ensina o que é emoção e como é possível controlá-la. Os ensinamentos do método explicam como a harmonia emocional é fundamental para ter um desenvolvimento mais equilibrado.

Disciplina

É normal crianças terem uma leve tendência para a bagunça, afinal elas querem mais é se divertir. Mas assim como brincar é bom, ter disciplina também é importante para o crescimento saudável. Lembrando que a disciplina não irá barrar a realização das brincadeiras.

Não violência e respeito ao próximo

A não violência é um dos princípios do yoga, porém vai muito além da questão física. A prática de não violência abrange a própria criança, seu próximo e tudo o que está a sua volta (animais, natureza). Ao praticar yoga, a criança ganha mais consciência e tenta, assim, causar o menor sofrimento possível, seja em ações ou palavras, a si próprio e a tudo o que a rodeia.

Autoestima

Assim como os adultos, crianças também podem sofrer com baixa autoestima. E umas das técnicas utilizadas para melhorar esse quadro é a prática de alguma atividade, como o yoga. Quando a criança se sente bem consigo mesma e/ou se sente capaz de desenvolver alguma tarefa, por mais pequena que seja, sua autoestima aumenta.

Criatividade

O yoga é uma ótima atividade para estimular a criatividade da criança. Como a prática para os pequenos é lúdica, acaba por despertar o lado mais criativo por meio de músicas e posturas.

Pais podem praticar juntos?

Pais podem realizar yoga com os filhos, desde que a prática não utilize o método adulto com as crianças. Praticar em família, nem que seja uma vez por semana, é ótimo para aumentar a relação entre ambos e aumentar a confiança um no outro. Além disso, também ajuda a relaxar, o que promove grande bem-estar.

Como funciona a aula?

As aulas de yoga para crianças são lúdicas e utilizam contação de histórias, jogos em grupo, música, teatro e outras atividades artísticas para realizar os asanas. Então, é diferente daquelas práticas mais diretas feitas pelos mais velhos. Os pequenos, porém, também aprendem técnicas de respiração, conhecidas como pranayamas, posturas de relaxamento e meditação.

Não existe uma idade certa para iniciar a prática, porém profissionais da área sugerem que crianças a partir dos três anos participem da aula.

Cuidados

Se o seu filho tem algum problema físico mais sério, o ideal é procurar a orientação de um profissional da saúde antes de coloca-lo em alguma turma de yoga. Caso a criança sinta qualquer desconforto durante a realização dos asanas, deve parar imediatamente.

Agora que já viu que as crianças também podem fazer yoga, que tal aprimorar a sua prática? Conheça nossos cursos online de yoga e desfrute de todos os benefícios que o método pode te proporcionar.

Foto destaque: Pezibear / Pixabay / CC0 Creative Commons