O stress e a ansiedade são alguns dos males comuns que enfrentamos nos dias de hoje. Assim, atividades físicas que ajudam a relaxar, como o yoga, trabalhando a energia corporal, são grandes aliadas na melhoria da qualidade de vida. Embora os nomes das posições de yoga possam dar um nó na cabeça na primeira aula, não deixe isso te intimidar!

Fora os nomes complicados, o yoga é uma prática milenar muito útil, que nutre o corpo, a mente e a alma.

Se você é um iniciante e ainda não sabe como começar, trouxemos, neste post, 4 posições famosas do yoga. Confira, pois elas te acompanharão, enquanto praticar essa atividade tão benéfica contra o stress!

Nomes das posições de yoga: 4 entre as mais famosas para iniciantes

1. Adho Mukha Svanasana (Cachorro olhando para baixo)

Esta posição tem o objetivo de alongar a musculatura posterior da coxa (músculos isquiotibiais), panturrilhas, ombros, mãos e os arcos dos pés. Combate desde dor nas costas até problemas digestivos, também acalma a mente e alivia o estresse.

Como fazer: fique de joelhos e com as palmas das mãos no chão, e mantenha seus dedos abertos. Ao expirar, levante os joelhos do chão, colocando seu peso nos dedos dos pés e nas palmas das mãos.

Em seguida, levante o quadril em direção ao teto até suas pernas se esticarem totalmente. Depois, traga seus calcanhares lentamente para o chão — ou o mais perto que você conseguir, confortavelmente. Mantenha a cabeça alinhada aos braços e mantenha braços e pernas retos.

Assim como nas demais posições, tente respirar de cinco a oito vezes, mantendo a atenção na postura em que está.

2. Padmasana (Lotus)

A Padmasana, ou lotus, também é conhecida como posição de meditação. Entre seus benefícios, ela ajuda na menstruação e no parto, estimula o sistema linfático, libera bloqueios emocionais nos quadris e conecta você ao Chakra Raiz.

Como fazer: sente-se no seu tapete com as pernas estendidas para frente. Dobre seu joelho direito e coloque o calcanhar direito sobre a coxa esquerda. Em seguida, incline cuidadosamente o joelho esquerdo, puxe o calcanhar esquerdo sobre a canela direita e coloque-o sobre a coxa direita.

3. Bhujangasana (Pose da Cobra)

A bhujangasana alonga seu peito, estendendo o coração e os pulmões. Também alonga e fortalece a coluna e é terapêutica para o nervo ciático e asma.

Como fazer: Deite de barriga para baixo, com as pernas para trás. Posicione os braços para que as palmas das mãos fiquem entre seus ombros, planas no chão e com os dedos estendidos. Ao inalar, endireite lentamente os braços, levantando os ombros do chão, mantendo seus pés, joelhos, e pélvis totalmente em contato com o chão.

Continue levantando o máximo que puder, sem tirar os quadris do chão. Curve a coluna, sem endurecer a parte inferior das costas. Por fim, empurre, lentamente, seu tronco de forma vertical para o teto.

4. Sirshasana (Pouso sobre a cabeça)

Algumas pessoas ficam apreensivas em realizar essa posição. No entanto, ela não é tão difícil, desde que as regras básicas sejam cuidadosamente seguidas. A sirshasana leva sangue oxigenado ao cérebro, melhorando o funcionamento do sistema nervoso. Além disso, auxilia na queda de cabelo, diabetes, varizes, problemas de pele e muitos outros.

Como fazer: entrelace os dedos firmemente e posicione as palmas das mãos formando um copo. Mantendo o copo formado, ponha as mãos na cabeça e a cabeça no chão, de forma que a parte posterior dela seja apoiada pelos dedos entrelaçados.

Com os joelhos dobrados, vá erguendo suas pernas lentamente para o alto. Depois que seu corpo se equilibrar adequadamente, alinhe suas pernas gradualmente e lentamente. Certifique-se de que sua coluna e coxas estejam retas e na vertical. Relaxe o corpo o máximo possível, feche os olhos, respire lenta e profundamente.

Esta é a pose final do sirshasana. Permaneça nela por um período de tempo confortável. Volte, flexionando os joelhos e deslizando-os para o chão, na ordem inversa. Você também pode fazer esta posição com o apoio das duas mãos e da cabeça, além de ir tentado aos poucos com as pernas dobradas, por exemplo – até conseguir o resultado final.


Existem outros inúmeros nomes das posições de yoga para aprender. Porém, esses quatro já te ajudarão a iniciar a prática. Como você pode ver, não são tão difíceis quanto parecem!

Quer começar com meditação? Então, conheça 6 tipos e escolha o melhor para você!