Quando o dia amanhece com temperaturas mais baixas, a vontade é de ficar em casa, debaixo do edredom. Até mesmo um simples hobby, como ir à academia, acaba em segunda opção. Para deixar a preguiça de lado e afastar a friaca de vez, uma boa opção, para quem deseja aquecer o corpo, é realizar exercícios físicos em casa. Roupa confortável e um mat é tudo o que se precisa para inovar nas posições.

A hatha, por exemplo, é um estilo de yoga que pode ser feito em qualquer lugar, desde que seja calmo e tenha espaço suficiente para a realização dos asanas (posturas). Na prática, todas as posições têm benefícios, inclusive a respiração. Respirar corretamente é importante para a execução das posturas, pois é capaz de equilibrar o corpo e a mente.

O método fortalece a musculatura, aumenta a flexibilidade, proporciona bem-estar e ainda ajuda a atingir a paz interior.

Veja, a seguir, uma sequência de posturas de hatha yoga e desfrute de todos os benefícios da prática.

Asanas de hatha yoga

1

Sente-se com as pernas cruzadas. Solte os joelhos para baixo, relaxe. A coluna deve estar alongada e as costas retas. Deixe as mãos sobre os joelhos. Abra o peito. Ajuste o corpo. Perceba o corpo e, preferencialmente, dê atenção ao alongamento da coluna. Permaneça nessa posição por alguns minutos.

Ajuste a postura, puxe suas nádegas para fora. Cresça as costas, feche as costelas. Gire os seus ombros para trás e para baixo. Descanse as mãos nos joelhos.

2

Abra os olhos. Coloque-se na posição de quatro, com os joelhos afastados e alinhados ao quadril. As mãos também devem estar alinhadas aos ombros. Peito dos pés no chão, ombros longe das orelhas. Inspire, abra o peito, olhe para a frente e empurre o umbigo para o chão.

3

Expire, vire as costas para o teto. Repita os movimentos. Essa postura mexe com toda a extensão da coluna. Faça os movimentos de forma lenta e consciente, sempre respeite o limite do corpo.

4

Finalize o movimento anterior com a respiração. Em seguida, leve os braços um pouco à frente dos ombros e circule o quadril em todos os ângulos, como se estivesse rebolando. Braços estirados o tempo todo, dando amplitude ao movimento. Inverta o movimento dos círculos. Fique com a cabeça solta entre os braços. Relaxe.

5

Volte para o quatro apoios, mantenha os joelhos afastados na largura do quadril. Movimente o corpo para trás e para a frente. Inspire e solte o quadril abrindo o peito. Expire, leve as nádegas para os calcanhares. Lembre-se de não movimentar as mãos, elas ficam fixas.  Repita os movimentos.

6

Solte bem os braços. Deixe os ombros pesados, alargue as costas. Caso a testa não alcance o chão, improvise uma almofada com as próprias mãos, uma em cima da outra. Respiração constante.

7

Na inspiração, desenrole as vertebras devagar. Abra o peito, perceba a respiração.

8

Volte com as mãos para chão. Volte para o quatro apoios. Deixe as mãos um pouco à frente em relação aos ombros. Joelhos afastados na largura do quadril. Faça devagar a postura do V invertido. Faça flexão com os joelhos alternadamente. Empurre o calcanhar para o chão, um de cada vez, sempre nas expirações.

9

Faça a postura da criança.

6

Solte os braços. Deixe os ombros pesados, alargue as costas. Testa para o chão, respiração constante.

Levante devagar e, se quiser, realize outra vez as posturas.

Faça em casa

Caso queira aprender mais, conheça o curso de hatha vinyasa yoga. Ministrado pela professora Camila Reitz, as aulas trabalham com exercícios respiratórios, técnicas de concentração, contrações e purificações.

Foto: David Lowry / Flickr / CC BY 2.0