Sem tempo para ler? Que tal OUVIR esse texto? Aperte o play abaixo e ouça o post.

É muito comum ouvir alguém comparando a prática de yoga com qualquer outra atividade física como musculação, alongamento etc. Acontece que, como muito já se falou no blog do NAMU Cursos, as posturas psicoativas ou os ásanas são apenas um dos oito pilares do yoga clássico e fazê-las vai muito além do condicionamento físico.

As posições do yoga contribuem muito para o fortalecimento e flexibilização de músculos, tendões e ossos, mas a ideia original das posturas é preparar o corpo para a meditação em posição confortável e sentada por longos períodos.

Além disso, cada ásana foi elaborado com funções terapêuticas específicas que podem contribuir tanto quanto qualquer terapia corporal para a saúde do seu corpo e da sua mente. Isso acontece porque esses movimentos massageiam os órgãos e equilibram as funções de várias glândulas internas.

Quer conhecer algumas dessas aplicações? Então veja a lista que a professora de yoga Andrea Wellbaum fez com algumas das posturas que ela considera mais benéficas para o nosso organismo.

1. Trikonasana – triângulo estilo Bikram

_r7a0428

A postura envolve força e flexibilidade e desafia a concentração do aluno com movimentos detalhados que podem ajudar ou atrapalhar a forma na postura.

Como vemos na foto da professora Camila Reitz ao lado, o triângulo promove a abertura de quadris e trabalha os músculos das pernas. Ao fortalecer e alinhar as pernas e os quadris, acontece uma melhora na estabilidade do corpo . Por isso, os órgãos na área dos quadris – cólon, rins, órgãos reprodutores –  e também os chakras associados a eles são beneficiados .

A torção do tronco combinada com a intensa abertura dos braços promove extensão no torso. Isso abre espaço para que os órgãos na região do peito exerçam suas funções plenamente. A combinação da torção com a abertura dos quadris também ajuda a aliviar dores nas costas.

Além disso, o grande desafio de executar a postura ajuda a centrar, desenvolver consciência e abre o chacra do coração (anahata), que ajuda você a se conectar com o que ama. Bikram Choudhury disse: “Quando você melhora seu triângulo, você melhora sua vida em 360º: mentalmente, fisicamente, emocionalmente.”

  • Trabalha todos os grandes grupos musculares ao mesmo tempo. Fortalece braços, quádriceps, glúteos, músculos abdominais, músculos do pescoço;
  • Afina coxas, quadris e cintura;
  • Alonga os flexores dos quadris, coluna e pescoço, e abre as articulações dos ombros;
  • Estimula o sistema respiratório, sistema nervoso, rins, tireoide e glândulas suprarrenais;
  • Excelente trabalho cardiovascular, com mínimo movimento;
  • Ajuda no realinhamento e na estabilidade do corpo ao fortalecer as pernas;
  • Bom contra bursite e tendinite;
  • Ajuda a regular os níveis hormonais;
  • Fortalece o chakra da base (assoalho pélvico) – muladara e com isso os órgãos reprodutores;
  • Desenvolve consciência corporal e concentração, alivia estresse e ansiedade.

2. Tuladandasana – vara equilibrada

vara_equilibrada

Em suma, essa postura tonifica o corpo todo, é muito revigorante e exige bastante concentração no alinhamento. Como se vê na foto ao lado, o professor de Superioga, Paulo Junqueira, está corrigindo esse alinhamento elevando um pouco a perna de seu aluno.

Além desses benefício, temos:

  • Fortalece a parte de cima das coxas, glúteos, ombros, abdômen, trapézio, deltoides e tornozelos;
  • Afina a cintura;
  • Alonga as articulações dos quadris, ombros e a coluna inteira (aliviando tensões);
  • Estimula o pâncreas, fígado, baço, rins e sistema nervoso;
  • Elimina o depósito de gordura no corpo e queima muitas calorias;
  • Melhora o equilíbrio, a resistência física e a capacidade pulmonar;
  • Estimula o coração e as artérias, fortalecendo o músculo (do coração). Ajuda a limpar obstruções nas artérias, o que previne problemas cardiovasculares;
  • Previne varizes;
  • Um dos melhores exercícios contra má postura;
  • Ativa e abre o chacra do coração (anahata);
  • Melhora a memória e a concentração.

3. Utkatasana – cadeira estilo Bikram 

Exitem vários tipos de “cadeiras” entre os ásanas de yoga. A utkatasana tem um poder terapêutico muito alto, mas todas têm seus benefícios em ser praticadas. No caso dessa do estilo Bikram, podemos enumerar:

utkatasana_yoga-asana_nina-mel

  • Tonifica e reduz a área dos quadris, a parte inferior do abdômen, as coxas e a parte de trás das coxas;
  • Fortalece tríceps e deltoides;
  • Alonga e abre os tornozelos, os dedos dos pés e os pés;
  • Estimula o fígado, o baço, o intestino e o pâncreas;
  • Realinha as pernas para prevenir dor na lombar e hernia de disco;
  • Realinhar o menisco;
  • Reduz pé chato, joanete e pernas curvadas;
  • Alivia a dor ciática;
  • Reduz a gordura embaixo do glúteo;
  • Bom para artrite nos joelhos e nos quadris;
  • Alivia dores nas articulações;
  • Ajuda a liberar raiva e culpa armazenadas nas coxas;
  • Ajuda a aliviar raiva e frustração dos músculos da panturrilha;
  • Promove intensa concentração.

4. Supta Virasana – herói deitado

Para alguns, essa postura é super fácil, para outros, um tormento. Seja como for, ela traz os mesmos benefícios.
Segundo B.K.S. Iyengar, quem sofre de dores nos calcanhares ou esporão, aos poucos, vai sentir alívio das dores e, eventualmente, o esporão irá desaparecer se a postura for praticada regularmente. Para grávidas, essa postura é muito benéfica, pois reduz inchaço das pernas. Além disso:

SONY DSC
  • Fortalece o arco do pé;
  • Alonga as coxas, os joelhos e os tornozelos;
  • Melhora a digestão e alivia gases;
  • Alivia os sintomas da menopausa;
  • Bom para pressão alta e asma;
  • Equilibra as articulações dos quadris ao fazê-las rolar para dentro;
  • Restabelece as curvas naturais da coluna e ajuda a aliviar dores na lombar;
  • Bom para os rins e, por essa razão, para qualidade de energia do corpo.

5. Pashimotanasana – alongamento no solo

Essa postura pode demorar para ser feita da forma como o professor Anderson Allegro faz na foto, mas como tudo na yoga, mesmo sem alcançar os pés e colocar o abdômen é possível receber todos esses benefícios terapêuticos:

  • Fortalece os músculos dos ombros;
  • Abre as articulações dos quadris;
  • Cria mais espaço entre as últimas cinco vértebras da coluna;
  • Aumenta a circulação de sangue para o fígado, o baço, o pâncreas, a tireoide, o timo e os intestinos;
  • Alonga coluna, quadris, ombros e parte posterior das coxas;_r7a3065
  • Estimula fígado, rins, bexiga, ovários e útero;
  • Alivia sintomas da menopausa e menstruação;
  • Previne a dor ciática;
  • Alivia dor de cabeça e ansiedade;
  • Melhora a digestão;
  • Reduz o cansaço;
  • Bom para pressão alta, infertilidade e insônia;
  • Acalma a mente, e ajuda a aliviar o estresse e depressão leve.

Viu só como é possível cuidar da saúde de forma prazerosa e preventiva? Então, experimente introduzir a prática de yoga na sua rotina. O NAMU Cursos oferece diversos cursos de yoga em que você pode aprender com profissionais renomados no conforto da sua casa!