Hidratante, corretivo, base, pó, sombra, delineador, lápis, rímel, blush, batom. Esses são os produtos necessários para quem deseja fazer uma maquiagem básica, aquela do dia a dia. Mas você já se perguntou do que é composto cada item utilizado nessa produção? O comum é que as pessoas comprem o que precisam sem ler os rótulos, o que pode contribuir para alergias na pele, entre outros problemas de saúde. Os cosméticos naturais chegaram para mudar esse quadro.

Cosméticos naturais são aqueles que não contêm aditivos químicos na composição, substâncias tóxicas. Para um produto ser considerado natural, precisa utilizar 95% matérias-primas consideradas naturais. Os 5% restantes podem conter elementos sintéticos, desde que liberados. Os produtos naturais também não podem ser testados em animais, ou seja, são livres de crueldade.

Ingredientes como óleos vegetais, manteigas vegetais, pigmentos e corante naturais, óleos essenciais, minerais e extratos vegetais entram na lista de matérias-primas que podem estar na composição dos cosméticos naturais.

Cosméticos à base de produtos naturais

Diferente dos cosméticos 100% naturais, os que são feitos à base utilizam substâncias proibidas. Eles contêm em sua composição elementos tóxicos e pouca porcentagem de naturais, por isso todo cuidado é pouco. Leia os rótulos e verifique quais itens utiliza, já que muitos têm certificado natural por conter, apenas, uma ou duas substâncias liberadas.

Cosméticos veganos e cosméticos orgânicos

Pode parecer difícil, mas não é. Saber diferenciar os cosméticos é essencial para atender ao seu objetivo. Se é vegano e deseja um produto sem nada de origem animal, encontra nos cosméticos veganos uma solução. Agora, se deseja algo 100% livre de substâncias tóxicas, deve aderir aos orgânicos.

Os cosméticos orgânicos não possuem ingredientes sintéticos, ou com pesticidas, são 100% naturais. São feitos de matérias-primas orgânicas e vegetais.

cosméticos naturais

Cosméticos naturais e cosméticos sustentáveis

Nos cosméticos veganos não há como ter certeza se o processo de fabricação é realmente sustentável. É por isso que se criou um novo termo: cosméticos sustentáveis.

“Alguns produtos são considerados sustentáveis por gerar menos perdas, por serem recicláveis ou mais duráveis. Outros porque contêm menos substâncias prejudiciais ou tóxicas, ou porque seu processo de produção consome menos energia. Na área cosmética se usa o termo sustentável para os cosméticos naturais e os cosméticos orgânicos”, relata o professor de pós-graduação no Senac em Cosmetologia Aplicada à Estética, João Paulo Gomes.

 Benefícios dos cosméticos naturais

Assim como ter uma alimentação equilibrada é importante para o corpo, manter a saúde da pele é essencial para a qualidade de vida.

“Os cosméticos sustentáveis têm uma boa compatibilidade com o nosso corpo, penetrando e nutrindo nossa pele, couro cabeludo e cabelo. Quanto a contribuição ao meio ambiente, podemos comentar que os cosméticos convencionais, em sua maioria, são ricos em derivados de petróleo e conservantes. Quando retornam ao ambiente, demoram mais para degradar, podendo desequilibrar o ecossistema local”, reforça o professor.

Se você sofre com alergias a certas substâncias encontradas nos produtos convencionais, está na hora de repensar e mudar o seu estilo de vida.

Você sabia que ter um cardápio funcional ajuda a manter a pele bonita e os cabelos fortes? Conheça nossos cursos online de alimentação saudável e desfrute de todos os benefícios que uma boa receita pode te proporcionar.