A meditação é um momento de cuidado consigo mesmo que traz benefícios para a sua vida nos mais diversos aspectos. Mas como meditar corretamente? Com poucos minutos de dedicação no seu dia você pode ter uma vida com mais qualidade, pois a meditação ajuda no tratamento da ansiedade, depressão, alivia a sensação de angústia e de medo.

Sendo assim, confira o passo a passo que preparamos para que você tenha sucesso na hora de meditar!

Escolha o local adequado

Escolha um local adequado para meditar todos os dias. É importante que esse local seja limpo e arejado, mas que também seja acolhedor. Não é preciso ser um espaço muito grande, mas lembre-se que ele deve ser como um santuário para você.

Selecione roupas confortáveis

Use roupas confortáveis, que não sejam muito justas. Como a prática da meditação reduz a velocidade da circulação sanguínea, você pode sentir um pouco de frio. Cobrir os joelhos com um lençol ou com uma manta pode ajudar a trazer mais conforto nesse momento. Não utilize adereços que possam atrapalhar a circulação natural do corpo, como relógios, pulseiras, óculos, cintos e joias.

Mantenha a postura

Agora que você já tem um local para meditar e sabe o tipo de roupa que deve usar, é hora de escolher uma postura que combine com você. Além da famosa postura de lótus, considerada difícil para iniciantes, há a postura confortável, em que a pessoa fica sentada no chão com as pernas cruzadas, e a postura do diamante, em que os joelhos ficam flexionados e as pernas servem como apoio para a pessoa se sentar.

Você pode meditar também sentado em uma cadeira, cuidando para que os seus pés estejam totalmente encostados no chão, e sua coluna esteja reta. O importante é sentir-se confortável e manter a coluna ereta para possibilitar o fluxo de energia. Usar uma almofada ou até mesmo um livro pode ajudar nesse momento.

Tenha cuidado com as posições

Independentemente de qual postura você vai adotar, é importante estar atento à posição da sua coluna: ela está ereta e o seu queixo está alinhado paralelo ao chão? É importante também não estar apoiado em nada para que a energia flua naturalmente!

Você consegue manter-se imóvel durante o tempo da meditação? É aconselhável manter a língua encostada no céu da boca para evitar que a necessidade de engolir te desconcentre. Pode parecer muitas coisas para se preocupar durante a meditação, mas você vai perceber que são medidas que ajudam a evitar desconfortos e proporcionam mais concentração.

Atente-se à respiração

Foque sua consciência nos movimentos do seu corpo, principalmente nos produzidos pela sua respiração. Inspire sempre pelo nariz, sinta seus pulmões se encherem de ar, e expire pela boca, mentalizando as impurezas saindo do seu organismo. Esse é um passo muito importante, pois é capaz de conduzir o seu corpo ao relaxamento necessário para que a meditação ocorra de verdade.

Não desista nas primeiras dificuldades

A meditação é um processo longo, e o importante é não desistir nas primeiras dificuldades. Prestar atenção aos pontos levantados neste guia vai te ajudar a criar um hábito que trará benefícios no curto, médio e longo prazo, em termos de bem-estar e qualidade de vida!

Um bom caminho para conseguir meditar é pelos ásanas da yoga. Os movimentos da prática foram feitos pensando em preparar o corpo para a posterior meditação. O curso da professora Camila Reitz, Hatha vinyasa yoga e a meditação em movimento, é uma ótima opção para quem deseja se iniciar nesse processo.