Todos sabem que ter um sono adequado é essencial para um dia mais produtivo. O corpo necessita de descanso após as longas horas trabalhadas. Porém, mesmo com todas as informações em mãos, é comum ver pessoas sofrendo com problemas causados pelos desgastes físicos e mentais. Assim como a ansiedade, estresse e depressão, a insônia é um mal corriqueiro entre a sociedade atual.

De acordo com Michael Krugman, fundador do Sistema de Sono Sadio, o estresse é uma das principais causas da insônia. O especialista também acredita que as condições de vida do ser humano por si só já são estressantes, já que vive em um mundo “artificial” (termo utilizado para se referir ao mundo moderno).

As preocupações cotidianas contribuem, e muito, para o aumento dos casos desse tipo de distúrbio. O cansaço excessivo também. Mas o que fazer para ter uma boa noite de sono? O NAMU Cursos te dará algumas dicas. Confira:

Quantas horas dormir?

Essa é uma dúvida comum e bem pessoal. Uma pessoa pode dormir seis horas por dia e sentir-se bem, já outras necessitam de mais para um dia proveitoso. Porém, segundo Krugman, os que dormem menos, em relação aos demais, têm mais vulnerabilidade a problemas de saúde. É por isso que cada indivíduo deve ter consciência do quanto precisa descansar.

Existe uma diferença entre o sono das crianças, adolescentes, adultos e idosos. Para os adultos, especialistas recomendam dormir de sete a nove horas por dia. Uma noite mal dormida pode gerar falta de atenção, de performance cognitiva e sono excessivo durante o dia.

É possível compensar o sono?

O indicado é dormir as horas seguidas, para assim garantir uma qualidade de sono melhor. Mas, caso não consiga, você pode compensar. Se não dormiu bem durante a noite, cochile a tarde, caso não precise ir trabalhar, ou durma o necessário na próxima noite. O importante é ter equilíbrio e não exagerar, então nada de se exceder no descanso.

Remédios ajudam a ter uma boa noite de sono?

Nem sempre. É essencial ficar atento a todas as atividades que realiza e tentar ao máximo ter uma noite de sono natural. Especialistas declaram que muitas vezes os medicamentos não proporcionam o repouso devido ao organismo, além dos efeitos colaterais que podem proporcionar. Se sofre com insônia constante, o ideal é procurar ajuda de um profissional, e nunca se automedicar.

O que pode prejudicar o sono?

São inúmeros os fatores que podem contribuir para uma péssima noite. Desde o dia estressante a uma simples tv ligada antes de dormir. Sim, você sabia que utilizar aparelhos eletrônicos pode prejudicar? As luzes de celulares e tablets podem afetar as substâncias do sono, o que geraria insônia. Por isso, fique atento e nada de tecnologias antes de se deitar.

Como ter uma noite agradável de sono?

Ingerir alimentos nutritivos e em quantidades adequadas é um bom começo para ter uma boa noite. Evite comidas gordurosas e pesadas, dando preferência a lanches leves e saudáveis e de fácil digestão.

Outra dica é manter o ritmo de sono, ou seja, ir para a cama nos mesmos horários, respeitando as oito horas indicadas. As atividades físicas também são ótimas opções para quem sofre com esse tipo de distúrbios, já que a prática constante instiga a reposição do gasto energético.

Tanto pilates quanto a yoga são boas opções para melhorar o sono. Eles trabalham o lado físico e mental, o que proporciona conforto e consciência corporal. Além disso, otimizam a respiração, que também é importante para manter a noite agradável. O mais bacana é que você nem precisa sair de casa para realizar as aulas. Basta comprar um curso online e assistir no local e horário de sua preferência.

Gostou das nossas dicas? Compartilhe com seus amigos. Conheça também os nossos cursos de yoga e pilates, ótimos para manter a sua qualidade de vida e bem-estar.

Foto: Greencolander / Flickr