Aprender como meditar e entender que a meditação é mais do que relaxar o corpo ou tentar silenciar a mente é o primeiro passo para iniciar a prática. 

Meditar traz inúmeros benefícios para a saúde. Pode ser feita em qualquer lugar e é bem mais simples do que se imagina. Além de poder ser facilmente incluída na rotina do seu dia a dia. Observar a respiração e tentar trazer os pensamentos para o momento presente são algumas formas de começar a meditar. 

Se você já tentou meditar, mas parou no meio do processo, nada de desanimar e pensar que não é capaz de meditar. Desprenda-se das preocupações em entender o processo e simplesmente comece. 

No momento em que começar a meditar você pode achar que não está obtendo resultado algum da prática, mas logo irá perceber todas as melhorias que a meditação irá trazer para o sua saúde física e mental. 

Veja nossas dicas de como meditar e conecte-se com o seu eu interior.

Os primeiros passos de como meditar

Escolha um local agradável

Procure um lugar calmo que seja longe do barulho ou qualquer tipo de distração. Pode ser um cantinho da sala ou do quarto, não precisa ser um espaço muito grande. Você só precisa conseguir sentar ou deitar no chão, dependendo da posição que escolher. 

Encontre uma postura confortável

Há uma ideia formada que única forma de meditar é sentar com as pernas cruzadas, mas isso não é verdade. O importante durante a meditação é manter a coluna ereta de maneira a ficar sempre confortável (sem rigidez muscular). Isso pode ser feito até mesmo deitado, com a barriga para cima. Só cuidado para não relaxar e cair no sono nesta posição. 

Decida o tempo que irá meditar

Antes de começar a meditar é importante decidir por quanto tempo irá praticar. Apesar de estudos indicarem um tempo médio de 30 minutos diários, é possível começar a meditar por cerca de cinco minutos e ir aumentando o tempo gradualmente. 

A meditação deve ser um hábito. Para que isso ocorra, o mais indicado é tentar meditar todos os dias na mesma hora. Decida quando irá meditar e por quanto tempo. Por exemplo: todos os dias ao acordar, e faça disso uma parte inadiável da sua rotina. 

Dica: para driblar aquela vontade incontrolável de acompanhar o seu tempo durante a meditação, escolha um alarme suave para alertá-lo quando sua prática chegar ao fim e foque no que está fazendo e não em quanto tempo está fazendo.

Observe a sua respiração 

Prestar atenção na respiração é a mais básica e universal forma de voltar-se para o presente e não poderia ficar de fora dessas dicas de como meditar. 

Uma das técnicas mais utilizada para quem inicia a prática da meditação é escolher um ponto acima do umbigo e se concentrar única e exclusivamente no movimento daquele local. 

como começar a meditar

Observe sua respiração fluindo de maneira natural e mantenha sua atenção no seu abdômen enquanto respira e inspira. Não faça nenhum esforço consciente para mudar seus padrões de respiração, apenas respire normalmente. 

Dica: procure inspirar por quatro segundos e expirar pelo mesmo tempo.

Meditar de olhos abertos ou fechados

A concentração é um dos pontos mais importantes da prática. Por isso, o mais indicado é meditar com os olhos fechados para evitar a distração com outras coisas do ambiente. Mas, caso seja difícil controlar o sono, opte por fazer a meditação com os olhos abertos. 

Dica: a sonolência constante durante a prática da meditação pode indicar que você está precisando de mais algumas horinhas de sono. Tente dormir melhor e, se não for possível, procure meditar em horários e posições que possam te ajudar a ficar um pouco mais alerta.

Exercite sua concentração

Para quem tem dificuldade em manter o foco, há algumas técnicas de como meditar que podem ser bastante eficaz para prender a sua concentração: 

a) tente visualizar um quadro branco com uma forma geométrica ao centro; 

b) imagine um campo aberto com uma árvore e uma única folha caindo dela; 

c) ouça alguma meditação guiada ou músicas para meditação.

Deixe o pensamento fluir até se dissolver

Há uma crença que meditar é não pensar em nada, mas isso é algo impossível de ser feito. Então, quando sua cabeça começar a ter pensamentos aleatórios e as histórias começarem a se formar, volte sua atenção para o seu corpo, isso auxiliará a controlar suas emoções e pensamentos. 

Dica: não tente parar os pensamentos. Isso só fará com que fique mais agitado. Então, retorne o foco para sua respiração e deixe-os passar por sua mente. 

Invista nos aromas certos para ajudar na meditação

Os aromas são bastante importantes para o relaxamento corporal, pois ao exalar essas fragrâncias diversos hormônios são liberados, fazendo com que você relaxe e se acalme com mais facilidade. 

Dica: invista em difusores com óleos essenciais de camomila, íris, capim-limão, lavanda, tangerina e patchouli são ótimos para ajudar as pessoas a se conectarem com seu eu interior.

curso de meditação

Faça refeições leves antes de meditar

Com o estômago leve é mais fácil manter a atenção e evitar cair no sono. Isso porque quando comemos, as energias do corpo são direcionadas para a nosso digestão, o que pode prejudicar o nosso foco e atenção, além de aumentar a sensação de sonolência. 

Dica: procure meditar sem estar com o estômago cheio, mas também sem estar com fome, pois em ambos os casos a mente pode se distrair. Coma uma fruta ou tome um chá com algo leve. 

Medite em grupo

A companhia de pessoas espirituais é muito interessante para a evolução da prática. Procure participar de grupos de meditação e retiros espirituais, os outros participantes podem dividir conselhos e compartilhar novas lições de como meditar com mais eficácia.

Sinta gratidão por esse seu momento

Quando terminar a sua meditação, sorria. Sinta-se grato pelo tempo que teve para se dedicar a acalmar os pensamentos e cuidar de si. 

Gostou dessas dicas de como meditar? Comece a coloca-las em prática e conte nos comentários o que você sentiu. Se quiser aprender na prática como meditar, recomendamos que conhece o curso online Mindfulness: meditação em movimento. Com certeza será uma experiência muito enriquecedora.