É muito comum estar com a imunidade baixa. A correria do dia a dia e os maus hábitos são os principais responsáveis pelo aumento de doenças ligadas ao sistema imunológico. Alergias, gripes e resfriados são frequentes por quem não está com a imunidade adequada e não cuida da saúde como deveria.

Especialistas confirmam que é possível fortalecer o sistema imunológico com simples práticas diárias. O blog do NAMU Cursos listou cinco delas, confira:

Alimentação

Ter um hábito alimentar saudável é de extrema importância para o organismo. Os nutrientes encontrados nos alimentos auxiliam a manter a saúde em dia, inclusive a imunidade.

Alimentos ricos em vitamina C, como a acerola, kiwi e laranja são bons para a imunidade, já que possuem ação antioxidante. O alho também é de grande ajuda, seu potencial imunológico contribui para a prevenção de doenças, assim como o gengibre.

Sono

Uma boa noite de sono é essencial para o bom funcionamento do sistema imunológico. Diversas pesquisas constataram que quem dorme pouco está mais suscetível a doenças. Não dormir o tempo indicado faz com que as células não trabalhem com a mesma eficácia de quem dorme o aconselhável, que é de seis a oito horas por dia.

Sem estresse

Para manter saudável o sistema imunológico, é preciso ficar atento ao nível de estresse no corpo. Quando o organismo passa por um período de estresse muito grande, a probabilidade de adquirir algumas doenças é maior, já que há um aumento na quantidade de cortisol.

Problemas como gripes e resfriados podem ser adquiridos com facilidade por quem não está com boa imunidade. Por isso, é essencial manter o bem-estar. Dar alguns minutos de pausa durante o trabalho e manter a calma em determinadas situações são passos importantes para contribuir com o bom funcionamento do organismo.

Meditação

Entre as atividades que ajudam a preservar o sistema imunológico está a meditação. De acordo com um estudo realizado por pesquisadores da Espanha, Estados Unidos e França, divulgado em 2013, a meditação tem ação analgésica e anti-inflamatória. As substâncias liberadas auxiliam a diminuir o estresse e, em consequência, a manter a imunidade.

É importante ressaltar que a meditação é um dos meios utilizados para alcançar o equilíbrio de todo o organismo. Ela por si só não é capaz de todos esses benefícios, é preciso estar aliada a outras práticas saudáveis.

Exercícios físicos

Os exercícios físicos também são ótimos aliados para manter a saúde do corpo e aumentar a imunidade. Faz bem ir à academia ou dar aquela caminhada antes de ir ao trabalho. Porém, se não tiver tempo para isso, pode se exercitar com as atividades diárias. Por exemplo, prefira escadas a elevador, ou ir a pé a um determinado local a pegar um transporte público, caso a distância não for muito grande.

Apesar de bons para o organismo, os exercícios físicos em excesso também podem ser prejudiciais. O aconselhável é não abusar das práticas e realizá-las de acordo com o que o corpo necessita. Yoga e pilates também são indicados e, se aliados a outros hábitos saudáveis, aumentam a imunidade.

Que tal se exercitar e aumentar a imunidade? Conheça o curso Pilates tradicional: do básico ao intermediário e aproveite todos os benefícios que a prática pode te proporcionar.

Foto: Hernan Piñera/Flickr