Pouca gente sabe, mas existem diferentes tipos de pilates e cada um tem suas particularidades. Conhecer um pouco mais a fundo cada modalidade é uma forma de entender qual delas se encaixa melhor no seu perfil e na sua rotina e, assim, começar a praticar agora mesmo.

Entre os diversos benefícios da prática do pilates, é possível exaltar a consciência corporal adquirida por meio da combinação de movimentos e técnicas de respiração, o aprimoramento da postura por meio dos exercícios e a melhoria na qualidade de vida.

Existem duas variações possíveis da prática de pilates: mat pilates e studio pilates. A primeira pode ser feita em qualquer lugar, inclusive em casa, com a ajuda de materiais como halteres, elásticos, bolas etc.

Já a segunda variação, como o próprio nome diz, é feita em estúdios com aparelhos dedicados à prática, como hight chair, cadillac, wunda chair, entre outros, muitos deles idealizados e criados pelo próprio inventor do método pilates.

Os praticantes das ramificações do método pilates podem optar pelo estilo mat ou studio de acordo com suas necessidades e objetivos para com as aulas.

Por décadas foram surgindo derivações do método original que continuam conquistando adeptos em todo o mundo, inclusive no Brasil. Conheça os tipos de pilates e saiba qual deles combina mais com você:

Original

Quando a modalidade foi criada por Joseph Pilates, foi chamada de Contrologia. Essa atividade física surgiu por meio de um conjunto de técnicas de respiração e movimentos derivados de modalidades como yoga, ginástica e até mesmo algumas artes marciais.

Os praticantes dessa linha seguem os exercícios da maneira como Joseph Pilates os imaginou e propagou. Os aparelhos, inclusive, são os mesmos idealizados pelo criador da modalidade: reformer, cadillac e small barrer são alguns exemplos.

No tipo original de pilates, os exercícios são executados de acordo com os níveis do praticante, seja ele iniciante, intermediário ou avançado, o que torna essa atividade acessível para todos os perfis, principalmente aqueles que pretendem melhorar a sua qualidade de vida.

Contemporâneo

Com a crescente fama do método pilates, algumas derivações da prática começaram a surgir, entre elas o tipo contemporâneo. Os praticantes dessa linha não se limitam apenas aos aparelhos clássicos, o que permite incrementar a prática com novos materiais, como faixas elásticas, bolas de ginástica, halteres, bosu etc.

Entretanto, os princípios do método, como consciência corporal, respiração correta e postura adequada, se mantêm e são aprimorados com esses novos utensílios.

Além disso, a execução dos movimentos e exercícios é mais flexível, ou seja, o praticante não precisa seguir determinada sequência de exercícios rigorosamente, ele pode adequá-la à sua rotina e prática. Ou seja, esse método permite que o aluno tenha flexibilidade para praticar pilates da forma que achar melhor e onde for mais conveniente.

Funcional

Uma das principais características dessa variação é a combinação de exercícios ritmados e frequentes que tem como objetivo aumentar consideravelmente a frequência cardíaca do praticante, sendo considerada um treino aeróbico bastante eficiente.

O tipo funcional também faz uso da agilidade do praticante para que ele execute os exercícios de forma cada vez mais rápida, sem perder o equilíbrio e a postura correta durante a prática.

Isso promove mais condicionamento físico ao aluno, além de garantir que a capacidade respiratória seja aprimorada e, consequentemente, que o praticante tenha mais qualidade de vida. É uma modalidade que busca o estímulo constante sem perder a fluidez e naturalidade dos movimentos.

Uma das características mais marcantes do pilates funcional é a compreensão de que cada praticante tem suas necessidades individuais, seu perfil específico e capacidades próprias. Por meio desse entendimento, é possível pensar em sequências personalizadas para atender às necessidades de cada aluno sem abrir mão dos exercícios e aparelhos clássicos.

Aéreo

Essa variação do método pilates é uma das mais compartilhadas por meio de fotos e vídeos por conta de sua bela execução de movimentos. Apesar de manter os princípios do tipo original de pilates, a variação aéreo usa o balanço.

O praticante fica suspenso total ou parcialmente por meio desse balanço e aprimora bastante o equilíbrio para se movimentar da forma correta. Por causa do nível de força e esforço envolvidos durante a aula, o pilates aéreo é uma das principais variações buscadas por aquelas pessoas que querem definir o corpo.

Muito semelhante a uma aula de circo, essa variação é divertida e exige bastante força. Ela oferece a oportunidade de se desafiar e aprender algo novo a cada aula. É uma forma de se exercitar sem deixar de lado o prazer de se movimentar, além de gerenciar o estresse do dia a dia.

Power Pilates

Essa versão do método pilates é a mais indicada para aqueles praticantes que buscam queimar calorias e se exercitar de forma mais intensa e enérgica. Algumas das principais características desse tipo são a falta de descanso entre os exercícios e a flexibilidade de poder praticá-lo em qualquer lugar, inclusive em casa.

Além dos benefícios adquiridos pela prática do pilates tradicional, como aumento da flexibilidade, força e consciência corporal, o power pilates garante mais condicionamento físico e melhora consideravelmente a respiração.

É uma modalidade perfeita para quem quer fugir da musculação, mas ainda sente a necessidade de fazer um exercício intenso, desafiador e eficiente.

Neopilates

Esse é um tipo de pilates criado no Brasil por Amanda Braz e talvez uma das variações mais desafiadoras do método. Isso porque ele tem como objetivo queimar calorias por meio de movimentos intensos que mesclam o uso da força muscular, equilíbrio do corpo e flexibilidade.

É possível perceber características comuns às aulas de pilates funcional e aéreo, como a concentração da força no abdômen e na naturalidade de execução dos movimentos.

Assim como os praticantes do tipo contemporâneo, os entusiastas dessa variação não se limitam aos aparelhos clássicos e fazem uso, inclusive, de acessórios próprios. Além de ser uma variação focada nos benefícios emocionais e mentais da prática, ela busca melhorar o condicionamento físico.

Viu como existem diferentes tipos de pilates? Apesar das divergências relacionadas aos objetivos buscados com a prática, todos seguem os princípios idealizados por Joseph Pilates e são ótimas opções para quem busca uma vida mais equilibrada e saudável.

Gostou deste post? Então leia esse artigo e entenda o que é mais adequado: pilates ou musculação? Também não deixe de conhecer nossos cursos online de pilates e descubra o quão bem a prática pode fazer a sua saúde.