Para corrigir a postura ou tratar problemas na coluna, o pilates e a Reeducação Postural Global, também conhecido como RPG, estão entre as atividades físicas mais procuradas por quem deseja se livrar das dores incômodas no dia a dia.

No entanto, por mais que ambas sejam bastante benéficas para esses objetivos, existem diferenças muito importantes entre elas – tanto em relação à execução dos exercícios realizados quanto aos efeitos no corpo. 

Está pensando em investir em uma das modalidades e quer entender melhor qual a diferença entre o RPG e o Pilates? Confira a matéria e tire suas dúvidas.

O que é RPG e para o que serve

Criada e desenvolvida pelo francês Philippe Emmanuel Souchard. A Reeducação Postural Global, RPG,é uma técnica de fisioterapia indicada para tratar lesões mais sérias. Pois visa não só curar, mas encontrar a causa do problema. 

A técnica do RPG é baseada em oito posturas específicas. Tem como foco o alongamento muscular, o trabalho respiratório e o fortalecimento de músculos fundamentais para a melhora do alinhamento da coluna.

Isto é, tem como função ajustar a postura para reorganizar os movimentos do corpo de forma global. A fim de equilibrar as tensões do corpo, reduzindo a rigidez muscular e corrigindo o problema por etapas.

Para isso, a RPG faz uso de uma série de posturas específicas para cada caso. Trabalha de acordo com os músculos da cadeia encurtada. 

A RPG não é uma prática voltada para fins estéticos. Sendo recomendada, principalmente, à pessoas que estão com desvios posturais – como lordose, cifose, escoliose; que sofrem com lesões por esforço repetitivo; bursite – que é a inflamação das articulações. 

E mais: a Reeducação Postural Global ainda ajuda a aliviar as dores de cabeça, nos joelhos ou quadril. Além de poder amenizar problemas respiratórios e auxiliar mulheres grávidas durante o período pré e pós-parto. 

Vale ressaltar que a RPG deve avaliar a necessidade de cada pessoa. Por isso a prescrição é individual, não havendo recomendação generalizada porque cada pessoa tem características únicas que devem ser levadas em consideração. 

Os resultados dos exercícios também são rápidos e, geralmente começam a aparecer depois da décima sessão. Bacana, né? 

A Reeducação Postural Global também pode ser utilizada em tratamentos como:

Ortopédicos: Pés chatos e cavos, joelhos valgos ou joelhos varos, joanetes, desvio da coluna vertebral, dores cervical, dorsal e nevralgia ciática;

Neurológicos: hérnia de disco e labirintite;

Reumáticos: artrites, artrose, bursite e tendinite;

Respiratórios: asma e bronquite;

Somáticos: distúrbios circulatórios e digestivos.

Fundamentos da RPG 

Apesar de original, a técnica da RPG é fundamentada em cima de três princípios já reconhecidos pela ciência. 

1. Individualidade

Cada pessoa é única e reage de maneira diferente, não sendo indicado nenhum tratamento padrão por sintoma ou idade.

2. Causalidade

A verdadeira causa do problema pode estar distante do seu sintoma. Por isso não devemos tratar apenas o local da dor, mas descobrir sua origem. 

3. Globalidade

Deve-se tratar o corpo humano como um todo. Por isso é necessário um trabalho corporal ativo que utilize as oito posições. Para corrigir ao mesmo tempo a sintomatologia, as fixações e a causa de uma patologia.

Qual a diferença da RPG para outras técnicas

O que diferencia a RPG das outras técnicas é o fato do tratamento ser dirigido à musculatura estática – responsável por  manter a nossa posição ereta e sentada – e, por isso, mais rígida. 

Ou seja, a RPG tem como principal função o ajuste postural para reorganização dos movimentos do corpo. Agindo por meio de uma série de alongamentos realizados no tecido muscular retraído, a fim de reorganizar e reequilibrar os músculos que mantêm a postura.

O que é Pilates e para o que ela é mais indicada

Desenvolvido na Alemanha pelo enfermeiro Joseph Hubertus Pilates, o método visa trazer melhor qualidade de vida para seus praticantes. É bastante benéfico para a respiração, além de auxiliar a corrigir a postura

Entretanto, diferentemente da RPG, o Pilates pode ser praticado apenas para fins estéticos. Uma vez que ajuda a criar uma ligação entre corpo/mente e trabalhar todos os movimentos posturais ao invés de focar apenas no local lesionado/comprometido.

rpg e pilates para saúde

Durante a aula são realizados alongamentos e uma série de exercícios que utilizam molas e o peso do seu próprio corpo como resistência. 

O Pilates é baseado em seis princípios básicos, sendo ele: respiração, concentração, precisão, controle e fluidez.

Quer dizer, a atividade pode ser considerada uma das mais completas. Uma vez que mexe diferentes pontos que, em longo prazo, ainda ajudam a desenvolver a força muscular e a flexibilidade. 

A prática também melhora a coordenação motora e a mobilidade articular, proporcionando a prevenção de lesões em indivíduos saudáveis.

Outro ponto positivo da prática são os exercícios de respiração que facilitam a  execução dos movimentos e também são responsáveis por trazer maior consciência sobre como respiramos no dia a dia, o que ajuda a reduzir a sensação de cansaço ou fadiga. 

E não é só isso, por focar na respiração e na concentração na hora de executar os movimentos, o pilates pode colaborar na redução do estresse. 

Se além de melhorar a qualidade de vida seu objetivo é emagrecer ou ficar com a musculatura durinha, o Pilates pode ser uma ótima opção. 

Os exercícios realizados durante as aulas de pilates trabalham com a contração e força muscular, além de sua flexibilidade. Com isso, as fibras musculares são rompidas e reconstruídas, o que promove a troca de massa gorda por massa muscular. Isto é, você reduz medidas e tonifica o corpo. 

Quem pode praticar Pilates

O Pilates não tem contraindicação e pode ser praticado por qualquer pessoa que tenha interesse em realizar alguma atividade física – seja com o objetivo de corrigir a postura, aumentar a resistência física ou apenas manter a forma. 

Além disso, por contar com exercícios de baixo impacto e trabalhar o condicionamento cardiovascular, ela também pode ser uma excelente opção para prevenir possíveis lesões, garantindo assim uma melhor qualidade de vida.

Agora que você já sabe qual a diferença entre RPG e Pilates e descobriu que o Pilates é a opção que procurava, o que acha de conhecer as aulas online da prática o Namu ?

Pensado por especialistas para que você não dependa de aparelhos, nossas aulas de Pilates online permitem praticar os exercícios quando e quantas vezes quiser. Clique aqui e confira!