Uma simples ida ao mercado pode até parecer uma tarefa fácil, mas as vezes não é tão assim. Mesmo que o estabelecimento esteja localizado a poucas quadras de casa, carregar o peso das sacolas é um trabalho para quem pode. O que ocorre, é que muitas vezes os braços podem ficar doloridos com a carga. Outro exemplo é a realização dos trabalhos domésticos. Quem nunca terminou a faxina semanal e sentiu aquele cansaço comum e muita dor nos braços? Tudo isso pode ser sintoma de fraqueza muscular.

Assim como nas pernas, fortalecer os músculos dos braços é importante para a proteção das articulações e ossos. Com essa região forte e sadia, é possível realizar inúmeras atividades, até então quase ilusórias, e ainda ficar com o corpo em dia. E não é preciso gastar muito para isso, basta aproveitar as oportunidades que estão à sua volta.

Existem, por exemplo, equipamentos disponíveis em diversos parques e praças de grandes metrópoles, como as de São Paulo. Lá você pode criar um cronograma diário ou semanal e realizar os exercícios físicos.

Já para quem não gosta de musculação e não tem tempo e nem dinheiro para ir a uma academia, nada como um bom curso online de pilates. Além de trabalhar os músculos externos e internos, a prática traz qualidade de vida e proporciona um grande bem-estar. Lembrando que de nada vale dedicar-se somente as posturas se não ficar de olho na sua dieta alimentar. A dica é ter uma alimentação saudável e optar pelos produtos mais naturais e funcionais.

O pilates é ótimo para quem deseja aumentar a flexibilidade, a concentração, diminuir sintomas de estresse e ansiedade e ainda ganhar músculos mais potentes. Caso possua um problema mais sério na região, procure a orientação do seu médico, pois ele saberá se pode e com qual intensidade executar os exercícios.

Gostou da ideia? Então confira a seguir uma sequência de posturas de pilates para os seus braços.

Exercício 1

1

Ajoelhe-se, apoie as mãos no chão e levante o quadril. Posicione-se bem, posicione a escapula e os cotovelos.

2

Dobre um pouco os cotovelos e estique-se. Dobre mais uma vez, a coluna deve estar na posição correta. Repita os movimentos por algumas vezes.

Exercício 2

3

Continue na mesma posição e cruze as pernas. Isso serve para colocar mais peso nos braços.

4

Dobre os braços novamente, use também a força abdominal. Inspire e expire. Cuidado com as mãos, fique com os dedos abertos durante a prática. Empurre o chão. Repita os movimentos.

Exercício 3

5

Na mesma posição, estique as duas pernas lá atrás. Abaixe um pouco o quadril, caso ache necessário.

6

Dobre os cotovelos, sem subir as escápulas. Continue utilizando a força abdominal e estreite a pélvis.

Descanso

7

Ajoelhe-se, sente nos calcanhares e deixe os braços esticados para a frente. Permaneça na postura por alguns segundos.

Caso queira aprender mais posturas e desfrutar de todos os benefícios que essa prática proporciona, não deixe de conhecer nossos cursos online de pilates. Além de economizar, você fortalece toda a sua musculatura.

Foto: Port of San Diego / Flickr / CC BY 2.0