A dor na lombar pode ser uma grande pedra no sapato de quem deseja ter mais qualidade de vida. O desconforto pode ser tanto que, muitas vezes, interfere no dia a dia, deixando a pessoa irritada, cansada e sem ânimo para absolutamente nada. Normalmente, essa dor pode ocorrer em quem fica muito tempo sentado ou não tem o fortalecimento necessário na região.

O pilates, conhecido por seus benefícios físicos e mentais, é um ótimo método quando o assunto é alívio de dores. Os movimentos realizados durante a prática fortalecem os músculos internos, também chamados de intrínsecos, e externos. Esse fortalecimento ajuda a dar a sustentação necessária para a coluna.

A má postura também tem sua culpa. Pessoas que não tem um alinhamento postural correto acabam por desenvolver dores na região. E apesar do pilates ajudar, é preciso ficar sempre de olho na maneira certa de sentar-se, posicionar os ombros, o pescoço etc. A tensão gerada no dia a dia também pode ser outro fator que influencia a dor na lombar.

Uma aula de pilates é capaz de proporcionar inúmeros benefícios ao corpo, a curto e longo prazo. Saber como manter a postura é essencial para evitar o desenvolvimento da dor na lombar. Lembrando que você também pode intercalar o pilates com qualquer outra atividade física, como o yoga ou treino funcional. Levar uma vida sedentária não é nada bom e pode contribuir para problemas sérios de saúde em âmbito físico e mental.

Cuidado

Caso tenha dor na lombar, procure um médico antes de realizar qualquer tipo de exercício físico, até mesmo quando for pilates. As aulas de pilates não anulam a necessidade de uma consulta com um médico ou um fisioterapeuta.

Agora que sabe mais sobre essa prática tão benéfica, que tal aprender o passo a passo de exercícios de pilates para a dor na lombar?

dor na lombar

Exercícios para aliviar a dor lombar

Exercício 1

Neste momento, a respiração é muito importante. Você deve deixar o ar entrar pelo nariz e sair pela boca. Lembre-se: uma respiração leve e fluída é essencial para manter a prática boa, em sintonia. Além disso, uma boa respiração ajuda a aliviar as dores e a manter a concentração.

Agora que já sabe mais sobre a respiração, tente manter ela equilibrada. Deite em cima do mat com a barriga para cima. Posicione bem as suas mãos, os seus braços, os seus pés. Joelho flexionado. Encaixe o quadril. O ideal, nesse exercício, é ir no seu tempo, sem pressa.

Assim que ajustar o seu corpo ao chão, coloque a bola meio murcha, que pode ser substituída por uma almofada, embaixo do quadril, bem na região da lombar. Feito isso, comece a fazer movimentos para frente e para trás. Vai e volta, vai e volta. Movimentos leves, sem pressa.

Após o movimento de vai e volta, faça o movimento conhecido como relógio pélvico. Rode devagar o quadril sentido pontos do relógio (3,6,9,12). O ideal é fazer esses movimentos sem pressa. Rode o quadril devagar, movimentos fluídos, suaves. A respiração, assim como em qualquer exercício, é importante. Inspire pelo nariz, expire pela boca. Nariz, boca.

Perceba a sua dor, em qual região dói mais. O pilates é um ótimo método para aumentar a consciência corporal. Por isso, permita-se perceber o seu corpo, o que o incomoda mais. Realize os movimentos mais algumas vezes. Gire o quadril bem devagar em direção aos principais ponteiros do relógio.

Exercício 2

Antes de iniciar o próximo exercício, tire 1 minuto para descansar. Lembrando que, caso tenha um problema mais sério de saúde, é imprescindível ter o aval médico.

Retire a bola, ou almofada, do quadril e coloque-a embaixo do pé direito. Ajuste bem o pé para que a bolinha não caia. Pé ajustado, deslize a perna por completo, o joelho deve ser alongado. Estique bem a perna. Se você não tem essa bola em casa, não se preocupe, é possível fazer o exercício sem. Para isso, você precisa deslizar o pé devagar até o ponto indicado. Realize esse movimento algumas vezes.

Fez com um pé, faça com o outro. Pé esquerdo na bolinha. Coluna confortável e respiração fluída. Perceba em qual região sente mais dor e realize o movimento. Esse exercício é ótimo para relaxar.

Exercício 3

Terminou o segundo exercício? Vamos para o próximo. Você não precisará utilizar objetos durante esse exercício, por isso coloque a bola de pilates ao lado. Feito isso, jogue a perna direita para o lado direito e deixe a perna esquerda dobrada. Lembre de manter os pés firmes no chão. Fique nessa postura por alguns instantes. Volte devagar, sem pressa. Troque as pernas. Lembre-se: respiração fluída. Inspire pelo nariz, expire pela boca.

Continue com o exercício, perna esquerda cai para o lado esquerdo. A perna direita permanece dobrada. Faça o exercício mais vezes. Agora, você deve fazer os movimentos simultaneamente. Perna direita para o lado direito, perna esquerda para o lado esquerdo. Feito isso, permaneça com as pernas abertas por alguns instantes e volte-as para a posição inicial. Lembre de manter a respiração calma. Faça tudo no seu tempo, sem pressa. O importante, nesse momento é focar em você e não em quanto tempo consegue realizar determinado exercício.

Feito isso, jogue as duas pernas para um lado só. Jogue-as para o lado esquerdo, permaneça e volte devagar. Jogue para o lado direito, permaneça na postura e volte devagar.

Conseguiu realizar os exercícios para a dor na lombar? Que tal aprender mais? Nos cursos online de pilates você tem a oportunidade de aprender tudo sobre esse universo e o passo a passo de movimentos que te darão muito mais qualidade de vida.