Sem dúvidas, todas as vitaminas e minerais cumprem funções vitais no funcionamento do organismo. Mas, será que todos os suplementos que são tomados são realmente necessários para aumentar a performance nos treinos?

Antes de qualquer coisa, é importante lembrar que suplementar é válido, sim, mas nem sempre é necessário. Principalmente, quando a suplementação alimentar é feita sem o auxílio de um profissional especializado.

Para os atletas de plantão, é importante frisar que uma alimentação balanceada já é o suficiente para oferecer tudo o que o corpo precisa após um treinamento físico. 

Os suplementos deveriam ser usados apenas em casos onde há a deficiência da vitamina. Ou, então, se você é um atleta de alta performance e tem um gasto energético excessivo. Fora esses casos, na grande maioria das vezes, é possível ingerir esses nutrientes por meio dos alimentos. 

Alimentação x suplementos

Para quem pensa que apenas com o uso de suplementos é possível alcançar resultados positivos dos seus treinos, saiba que a alimentação ainda é a fonte de nutrientes mais importante que poderíamos ter, uma vez que fornece mais vitaminas e minerais do que os suplementos em si. 

Outro ponto importante a ser observado por quem quer incluí-los na dieta é o fato de grande parte dos suplementos encontrados no mercado possuírem aditivos químicos, como corantes, adoçantes, conservantes e estabilizantes, que podem ser bastante prejudiciais à saúde. 

Vale ressaltar ainda que se bem utilizado, os suplementos não engordam. Também, em sua grande maioria, não causam nenhum efeito colateral. A não ser em casos extremos, quando há abuso ou opta-se por algo muito artificial. 

Por isso, procure sempre um especialista antes de incluir a suplementação na sua dieta

Por outro lado, quando usados de forma responsável, a suplementação (apesar de não ser necessária!) pode trazer resultados bastante benéficos aos atletas que querem aumentar a performance nos treinos.

quando usar suplementos?

Suplementos naturais que podem auxiliar na performance

Vitamina C

Para quem faz atividade física intensa e com frequência, as doses suplementares de vitamina C (até 500 mg /dia) podem ser bastante benéficas, pois durante os exercícios intensos há a produção excessiva de radicais livres e nutriente faz um contrabalanço compensando as enzimas antioxidantes. 

Proteínas isoladas 

O Whey Protein, produzida a partir do soro do leite, e o Veggie Protein, proveniente de fontes vegetais, como arroz, lentilha e ervilha ajudam na síntese proteica, auxiliando na reparação muscular e minimizando o desgaste da musculatura. 

Ou seja, o suplemento pode ser benéfico tanto para os praticantes de atividades físicas quanto para os idosos ou pessoas que sofrem de osteopenia ou osteoporose e precisam de uma força muscular extra.

Creatina

Para os atletas que precisam de um ‘up’ no treino, esse suplemento é responsável por fornecer energia rapidamente. Isto é, quando a energia do músculo acaba, a creatina atua como um repositor, restabelecendo a energia da musculatura rapidamente. 

O composto derivado de aminoácidos, presente em carnes, peixes, frango, ovos e leite auxilia no aumento de massa muscular e trabalha diretamente na formação da energia de explosão. Ou seja, melhora o rendimento do treino e evita a fadiga muscular.

A creatinina está naturalmente presente no nosso corpo, mas, em pequenos estoques. Nosso corpo, por exemplo, produz cerca de 1 grama desse nutriente por dia. Essa produção ocorre no fígado, nos rins e pâncreas.

Por isso, a suplementação com creatina pode ser bastante benéfica para atletas que precisam melhorar o desempenho. Ou, até mesmo, aumentar a intensidade do treino. 

Atenção! Estudos mostram que a ingestão de doses maiores do suplemento alimentar não aumenta a performance, e como possuímos uma reserva temporária de creatina, isso não faz nenhuma diferença no treino. 

Cafeína

Se o que você precisa para praticar exercícios regularmente é disposição, saiba que um café quente antes do treino pode garantir a energia e, de quebra, queimar a gordura acumulada. Pois é!

Para aqueles que não são muito fã de cafeína, a substância da família das xantinas tem ação estimulante no sistema nervoso central e, é por esse motivo, que dão uma dose extra de disposição, um chega pra lá na fadiga, e ainda ajudam a elevar a concentração. 

Pesquisas mostram que a cafeína tem efeito termogênico capaz de acelerar o metabolismo e estimular a mobilização da gordura corporal, deixando-a disponível para ser usada como fonte de energia pelos músculos com maior facilidade. 

Uma boa alimentação dispensa o uso de suplementos? 

Sim, uma boa alimentação pode excluir o uso da suplementação, a não ser em atletas de alto rendimento, que precisam repor um número absurdo de nutrientes. 

No entanto, a alimentação deve ser equilibrada em todos os macronutrientes, isto é, seu prato deve conter proteína, carboidratos e gorduras e, só a partir daí, podemos dispensar o consumo dos suplementos. 

Macronutrientes que podem atuar como suplementos naturais 

Proteínas: ovos, frango, carne, peixes, tofu;

Proteínas vegetais: feijão, lentilha, quinoa;

Carboidratos: batata doce, mandioca, arroz integral, frutas, aveia e, de preferência, de baixo índice glicêmico;

Gorduras: abacate, coco, oleaginosas, óleo de coco, manteiga Ghee, azeite.

Quando complementar a alimentação?

Sabemos que a alimentação deve ser nossa principal fonte de energia e saúde. Porém, a baixa qualidade dos alimentos processados comprados nos supermercados e a correria do dia a dia prejudica a obtenção desses nutrientes.

Assim, se a sua alimentação é deficiente em algum nutriente, se é atleta e precisa de uma reposição extra de nutrientes e vitaminas no corpo, os suplementos naturais podem ser benéficos. 

Mas, cuidado! Nada de fazer auto prescrição na hora de decidir ingerir os suplementos alimentares. Antes de optar se vai ou não fazer a suplementação procure sempre um especialista. 

Vale ressaltar ainda que os compostos naturais possuem menor nível de processamento, maior teor de nutrientes e não recebem adição de conservantes químico. Então, se precisar suplementar, escolha sempre a suplementação natural. 

Quer ver outras dicas de como melhorar seu desempenho físico? Com os cursos fitness online do Namu  você pode cuidar da saúde e se exercitar quando e onde quiser. Clique aqui e conheça.