Os temperos são muito utilizados na maioria das culinárias para dar um sabor e textura especial aos alimentos. Entretanto, o seu uso não se restringe ao paladar. Eles podem trazer benefícios à saúde. Você sabia que existem temperos para doenças?

As especiarias que tanto utilizamos na cozinha podem contribuir no combate a uma série de doenças e inflamações, e até dar aquela forcinha para a redução de peso. É claro que isso precisa vir acompanhado da prática regular de exercícios físicos e uma alimentação saudável. Mas quais são esses temperos? 

Descubra agora os benefícios de alguns temperos e para quais doenças são mais indicados!

Os benefícios dos temperos

Muitas pessoas desconhecem as propriedades benéficas de alguns temperos, mas você pode ter certeza de que vale a pena investir neles. Deixe o sal de lado e diversifique o uso de temperos nas mais variadas receitas, inclusive as doces.

Uma das vantagens de reduzir e até mesmo eliminar o uso de sódio nas refeições é poder redescobrir o verdadeiro sabor dos alimentos. Nesse sentido, preferir as especiarias é dar um toque visual diferente nos pratos e ainda realçar sabores.

O ideal é preferir os temperos naturais sem conservantes e sem sal, como as ervas. As especiarias são ricas em substâncias antioxidantes, contribuem para prevenir o envelhecimento precoce e ainda para melhorar a circulação sanguínea. Existem outros benefícios específicos, e é o que veremos a seguir.

temperos

Temperos para doenças

Artrite

A páprica, um condimento avermelhado, combate os radicais livres, o que significa que ajuda a retardar o envelhecimento das células. É muito boa para reduzir inflamações, como a artrite, já que possui a substância beta-criptoxantina. Se você tem algum tipo de inflamação, a páprica pode ajudar a combatê-la. 

Úlcera gástrica

Existem estudos mostrando que as folhas verdes do orégano têm propriedades anti-inflamatórias e antibacterianas, agindo principalmente contra a bactéria Helicobater pylori. Ela é responsável por problemas como a úlcera gástrica. O orégano é útil porque ajuda a equilibrar a flora intestinal. 

Diabetes 

Tanto a canela em pau quanto em pó são benéficas, podendo ser utilizadas em chás ou doces. Isso porque é uma especiaria com ação termogênica, que acelera o metabolismo e favorece a perda de peso. Agora, se você tem diabetes, deve investir nela mais ainda. A canela reduz a concentração de glicose no sangue e aumenta a sensibilidade à substância insulina. 

Doenças do coração

O alho é, sem dúvida, um dos condimentos mais utilizados nas refeições e considerado ingrediente básico para muitos pratos. Porém, não é só o seu sabor que é atrativo, mas suas propriedades. O alho tem alicina, substância que ajuda na prevenção de aterosclerose (doença vascular em que ocorre o acúmulo de gorduras). Ela age de forma a reduzir o colesterol no sangue. 

Prisão de ventre

Se você quer uma alternativa para combater os incômodos gases e melhorar a digestão, opte pela pimenta caiena. Ela auxilia na desintoxicação e contém fibrina, substância que combate cãibras e dores de estômago. 

Como utilizar os temperos

Sempre opte pelo uso de temperos naturais para evitar o consumo de conservantes, corantes e sódio, que você já sabe que não fazem bem à saúde. Além disso, quanto mais orgânico, melhor será o sabor da refeição. Se você tem uma horta em casa, melhor ainda. 

O uso de tempero na comida é algo milenar, por isso é bastante útil saber como utilizá-los da melhor maneira. Se você quiser incrementar uma carne, por exemplo, opte por temperos como o curry e a noz-moscada. No caso de saladas, condimentos como salsinha e louro são ótimos. 

As especiarias devem estar presentes durante o preparo das refeições, uma vez que trazem aromas e sabores irresistíveis. Além disso, possuem uma série de propriedades benéficas em sua composição, o que contribui para mais saúde e bem-estar. Por isso, utilize os temperos para doenças como mais um caminho para tratá-las.

Esse post foi útil para você? Então não deixe de assinar a nossa newsletter. Dessa forma, você ficará sempre informado sobre mais novidades sobre bem-estar. Também não se esqueça de conhecer nossos cursos de alimentação e de horta caseira.