Quando se fala em alimentação saudável, automaticamente vem a mente um prato de salada. Se engana quem acredita que para ter saúde é preciso se restringir a um tipo de alimento, como as folhas verdes. Há uma infinidade de alimentos que podem compor um cardápio equilibrado e rico em nutrientes, como é o caso do superfoods, também conhecidos como super alimentos.

“Superfoods é um grupo que se destaca dentro de todos os alimentos”, declara o chef e nutricionista Carlos Rocha. Esse grupo alimentar é conhecido por ter poucas calorias e altos níveis de nutrientes.

“Tem sido feitas pesquisas com base nesses produtos, eles são eficientes no tratamento e na prevenção de várias doenças. O consumo desses produtos é recomendado pela Organização Mundial de Saúde. São importantes para manter uma vida saudável. Superfoods são super alimentos que devem estar na nossa mesa e que têm uma ação muito benéfica no nosso corpo”, reforça o nutricionista.

Superfoods no dia a dia

Entre os super alimentos é possível destacar a chia, o cacau cru e a maca andina. Castanhas, amêndoas (oleaginosas em geral), açaí, berries (goji berry, cranberry, blueberry), cúrcuma e gengibre também entram na lista do superfoods.

“Hoje em dia, a gente dá destaque para as castanhas, porque elas são ricas em gorduras boas. Então tem a castanha do pará, que contém selênio; castanha de caju; amêndoas. Dentro do superfoods a gente tem as frutas, como a blueberry, cranberry, goji berry e o nosso açaí brasileiro, que é rico em antioxidantes naturais”, esclarece Rocha.

Alimentos com altos níveis de antioxidantes, como o caso das frutas vermelhas, ajudam a fortalecer o sistema imunológico, a melhorar a visão e a proteger o coração. Essas frutas também são ótimas para prevenir o envelhecimento precoce das células e a manter os níveis de colesterol controlados.

Já as oleaginosas são ricas em gorduras boas. Mas nada de exagero, é preciso ingeri-las na medida certa. Entre os benefícios estão: controle do colesterol, prevenção de doenças crônicas e cardiovasculares, prevenção do envelhecimento precoce das células, fortalecimento do sistema imunológico e regulação do intestino.

“Comece acrescentado no seu dia a dia as castanhas. Você vai comendo uma porção de castanhas por dia. Duas a três castanhas do pará, 50 gramas de castanhas de caju”, aconselha o nutricionista. De acordo com Carlos Rocha, você ainda pode variar o cardápio como desejar, basta ter criatividade e escolher os alimentos certos.

Mind foods

Além do superfoods, as oleaginosas ainda se enquadram em outro tipo de grupo. Os mind foods são conhecidos por ser serem alimentos que contribuem para a saúde cerebral. “Se você for olhar o formato da noz, ela já tem o formato do cérebro, a natureza já nos deu certa dica”, brinca Rocha.

O cérebro é um dos princiais órgãos do corpo humano. Sem ele não há como sobreviver, por isso a importância de mantê-lo sempre ativo e saudável. “As castanhas e as frutas oleaginosas, como o abacate, a maçã e a banana são alimentos que contribuem para a nossa saúde cerebral. Elas evitam muitas doenças como mal de parkison, a doença ELA e outras causadas pela desnutrição do nosso cérebro”, alerta Carlos Rocha.

Agora que já conhece um pouco mais sobre os benefícios desses alimentos, que tal introduzi-los hoje mesmo no seu dia a dia? Confira, a seguir, algumas receitas que podem te ajudar a cuidar melhor do seu corpo e a ter mais qualidade de vida.

Leite de amêndoas

Além de saboros, os leites vegetais são ricos em nutrientes. São ótimas opções para que tem intolerância à lactose ou aderiu ao vegetarianismo e veganismo.

Ingredientes

  • 1 xícara de amêndoa crua
  • 4 xícaras de água mineral

Modo de preparo

Deixe as amêndoas de molho na água durante uma noite. Em seguida, escorra as amêndoas e enxague-as. Bata as amêndoas no liquidificador com 4 xícaras de água. Com a ajuda de um pano limpo ou saquinho de voal, coe o leite de amêndoas. Utilize uma colher para empurrar e aproveitar todo o líquido. Esprema quando chegar ao fim. Sirva.

Arroz doce com amêndoas

Para quem gosta de um docinho saudável, essa receita é perfeita. O arroz doce é delicioso e não contém ingredientes de origem animal.

Ingredientes

  • 1 xícara de amêndoas cruas
  • 3 xícaras de água
  • 1 xícara de arroz integral
  • 1 fava de baunilha
  • 1 colher de chá de canela em pó
  • 1 colher de café de noz-moscada
  • ½ xícara de melado de cana
  • ½ colher de chá de sal

Modo de preparo

Deixe as amêndoas de molho na água por 12 horas. Em seguida, escorra bem e lave as amêndoas. Junte as amêndoas em um liquidificador, ou mixer. Bata até ficar bem homogêneo.

Coloque na panela o arroz, o leite de amêndoas, a fava de baunilha, a canela e a noz moscada. Misture bem. Tampe a panela e cozinhe por 30 minutos em fogo baixo. Retire a fava de baunilha e sirva o arroz doce com frutas frescas.

Smoothie de frutas vermelhas

Essa bebida é deliciosa e pode fazer parte do cardápio de qualquer pessoa, inclusive dos atletas. Você pode trocar os ingredientes pelos alimentos que mais gostar ou tiver vontade.

Ingredientes

  • 4 a 5 morangos inteiros congelados
  • 50 gramas de framboesa congelada
  • 200 ml de leite de amêndoas
  • Melado de cana a gosto

Modo de preparo

Adicione todos os ingredientes no liquidificador e bata. Sirva, preferencialmente, gelado.

Uma dica importante é ingerir a bebida assim que ficar pronta, para que os nutrientes não sejam perdidos.

Gostou de saber mais sobre os superfoods? E das receitas? Se você gostaria de se aventurar na cozinha, não pode perder os cursos online de gastronomia. São incríveis, não perca!