Você sabia que quando nosso corpo funciona bem até mesmo o humor e a disposição ficam melhores? Para alcançar esse estado de bem-estar, é necessário considerar algumas mudanças. Uma delas é adotar uma dieta low carb no dia a dia.

Fazer uma dieta significa escolher alguns tipos de alimentos em vez de outros, ou, pelo menos, minimizar seu consumo. Com a low carb não é diferente e aplicá-la na sua rotina pode favorecer a qualidade de vida.

Neste artigo vamos explicar sobre ela, quais são seus benefícios e quatro formas de adequá-la na sua rotina. Confira!

Low carb e seus benefícios

Essa dieta visa a perda de peso e o controle de algumas doenças como a diabetes. A tradução do termo em inglês significa baixo carboidrato, ou seja, pouco consumo dessa categoria de alimentos. 

Para compensar essa redução, há o aumento na ingestão de proteínas e gorduras boas. Em geral, a restrição abrange alimentos que contêm açúcar e farinha branca na composição. Desse modo, é preciso buscar alternativas para diversificar as refeições.

Entre os principais benefícios estão: 

  • emagrecimento;
  • sensação de saciedade, pelo aumento no consumo de proteínas;
  • diminuição dos níveis de colesterol e triglicérides;
  • aumento do colesterol bom;
  • controle da diabetes;
  • melhora no funcionamento do intestino.
low carb

Formas de adequar a low carb na rotina 

1. Consuma os alimentos certos

Um carboidrato por si só não engorda, mas sim o seu excesso. Isso acontece porque eles são transformados em açúcar ao serem consumidos. Portanto, para adotar a low carb no dia a dia, invista em alimentos como: 

  • frutas, verduras e legumes; 
  • ovos;
  • azeite de oliva e óleo de coco;
  • oleaginosas, como amêndoas e castanha-do-pará;
  • chás.

Além disso, evite alimentos industrializados ou processados como: 

  • doces: sorvetes, biscoitos, chocolate, bolos, sucos de fruta;
  • gorduras: batata frita, comida congelada;
  • carnes processadas: salsicha, linguiça, mortadela.

2. Monitore sua saúde 

Realize exames completos pelo menos uma vez ao ano. Consulte um nutricionista para que ele te oriente sobre a dieta ideal para o seu tipo físico e histórico de saúde, pois isso pode influenciar no modo como seu corpo responde a dieta. 

3. Elabore uma lista de compras 

Ao começar uma dieta low carb, uma das primeiras coisas a fazer é abrir a geladeira e retirar de vista todos os alimentos proibidos ou que devem ser minimizados. Isso ajudará no seu comprometimento com a alimentação. Depois disso, é essencial fazer uma lista de compras com os alimentos permitidos. 

4. Tome notas 

Monitore o consumo diário dos alimentos e anote sempre que possível o peso do seu corpo por semana. Isso vai facilitar o auto acompanhamento da sua evolução e te dará motivação para continuar a dieta. 

É importante associar a low carb no dia a dia com exercícios físicos, pois eles ajudam no controle de peso, redução de estresse e de colesterol.

Observação: nunca comece uma dieta sem o consentimento de um nutricionista. Além disso, não é recomendado realizar a dieta low carb por muito tempo, já que poderia comprometer a saúde a longo prazo. No curso online da chef e nutricionista Carina Müller você aprende mais sobre esse tipo de alimentação.

Gostou deste artigo? Leia também “Aprenda como fazer horta em apartamento em 4 passos” e confira como é possível ter uma alimentação natural e acessível.

alimentacao saudavel