Grandes metrópoles, como São Paulo, têm inúmeros estabelecimentos com cardápios semanais, os famosos PFs, ou pratos feitos. Alguns são mais requintados, já outros mais populares, mas que não deixam a clientela na mão. A variação de restaurantes e a sua localização faz com que os preços também sejam diferentes.

Apesar dessa diferença entre as regiões, uma coisa é certa: a conta tem que ser paga. O que poucos sabem é que mesmo optando por restaurantes mais baratos, ainda assim é preciso pagar um valor considerável no fim do mês. Preparar a comida em casa pode sair mais barato.

Além do custo financeiro, há também o custo na saúde: PFs costumam vir em porções bem maiores do que realmente precisamos, e com isso acabamos comendo mais do que o necessário. Ademais, é comum o uso de frituras ou ingredientes com muitos aditivos que podem fazer mal.

Pensando nisso, realizamos uma pesquisa em alguns restaurantes da cidade de São Paulo e comparamos o valor dos pratos mais comuns na semana com algumas alternativas caseiras e saudáveis, e o quanto você consegue economizar financeiramente fazendo sua própria marmita saudável. Confira clicando na imagem abaixo: