A dieta sem glúten tem se tornado muito popular nos últimos anos. Hoje, cada vez mais pessoas adotam esse tipo de alimentação, que deixou de ser uma opção reservada apenas para os celíacos — aqueles que são intolerantes a essa proteína.

No post de hoje, falaremos sobre algumas das principais vantagens da eliminação do glúten de uma dieta, assim como algumas dicas rápidas para você adotar esse novo estilo de vida.

Pronto para saber mais a respeito? Continue sua leitura!

O que é glúten? Em quais alimentos ele é encontrado?

O glúten é uma proteína sem valor nutricional, que ajuda a garantir a viscosidade e a textura (elasticidade) de um alimento. Em geral, ele é muito encontrado em pães e massas. Bebidas como a cerveja também podem conter essa proteína em sua composição.

Hoje, dificilmente você encontrará um alimento processado que não apresenta o glúten. Portanto, é preciso muita atenção antes de comprar os produtos no supermercado, principalmente se você deseja eliminar por completo essa proteína da sua alimentação.

Abaixo, falaremos sobre algumas das vantagens que você pode ter ao cortar o glúten da sua dieta. Saiba que você não precisa ser intolerante para conquistar alguns benefícios provenientes dessa maneira de se alimentar.

Quais as vantagens da eliminação desse nutriente?

Uma dieta rica em glúten pode causar retenção hídrica (inchaço), distúrbios intestinais, problemas de pele e uma variedade de outros sintomas que podem variar de acordo com o indivíduo.

Diferente do que algumas pessoas imaginam, cortar essa proteína da sua alimentação não faz com que você emagreça. Esse nutriente não apresenta valor calórico significativo, e portanto, não é capaz de fazer com que você engorde ou perca peso.

O que deve ser mencionado é o seguinte: como o glúten está presente em massas e em pratos que possuem alto valor calórico, a restrição ou diminuição desses alimentos pode provocar a perda de alguns quilinhos extras.

Melhora nos quadros de doença de pele

Se você possui dermatite ou outras condições clínicas de pele, o glúten pode estar atuando diretamente na sua enfermidade. A sua eliminação pode fazer com que uma melhora significativa ocorra já nas primeiras semanas.

Todavia, ressaltamos que é preciso experimentação para observar se esse nutriente está afetando ou não a sua pele. Nesse caso, a individualidade é muito importante e de maneira nenhuma a eliminação do glúten deve ser vista como remédio absoluto.

Coceiras e outros sintomas aparentemente inexplicáveis também podem melhorar com a restrição desse nutriente.

Diminuição do inchaço corporal

Uma alimentação saudável é capaz de reduzir o temido inchaço, que afeta, em sua maioria, mulheres de todas as idades. Por outro lado, saiba que o glúten pode ser um dos principais vilões da retenção hídrica.

Ao cortar essa substância da sua alimentação, é possível rapidamente perceber a diminuição de medidas e um aspecto mais saudável na aparência em geral.

Melhora nos problemas intestinais

O glúten, com frequência, provoca desconfortos intestinais e estomacais para as pessoas que apresentam intolerância ou sensibilidade a essa proteína. Para esses casos, a eliminação dessa substância da dieta é essencial para atingir o bem-estar.

Como você pode observar, são vários os benefícios que podem ser encontrados ao retirar o glúten do seu dia a dia. Atualmente, esse tipo de alimentação não é tão complicada quanto há alguns anos, principalmente porque existem produtos especiais para as pessoas que decidem se alimentar dessa forma.

A sua saúde agradece a mudança, e certamente o seu bem-estar garantirá que você continue em um caminho de melhora contínua. Não se esqueça de procurar um nutricionista antes de começar, tudo bem?

Gostou do nosso conteúdo sobre dieta sem glúten? Então, veja o nosso curso sobre pães, bolos e tortas sem glúten e sem lactose para começar sua dieta com o pé direito.