Proporcionar uma alimentação equilibrada na infância é de extrema importância para o desenvolvimento físico e mental de qualquer criança. Desde os primeiros meses de vida até a idade de ir para a escolinha, os pequenos devem ter um cardápio saudável, começando pelo leite materno e seguindo para as primeiras papinhas.

Até aí tudo bem, já que os pais sabem o que podem ou não oferecer para os seus filhos. O problema chega na hora de montar uma lancheira.

Como uma boa parte das escolas não fornece lanchinhos para os alunos, são os responsáveis que devem preparar a pequena refeição das crianças. Mas o que se deve colocar? É possível utilizar alimentos industrializados? Que tipo de pão e recheio é o melhor para a saúde? E os sucos? E as sobremesas?

No post de hoje, preparamos um guia curto para você que não sabe como montar uma lancheira saudável infantil. Confira as dicas e arrase no lanchinho do seu filho.

O que não pode faltar

Assim como na alimentação de um adulto, é importante estar atento ao que as crianças ingerem. Não é porque são pequenos que devem estar fora do menu da família. Como já foi dito, a infância é um momento crucial, pois é nessa época que os pequenos se desenvolvem e crescem, ou não, com o organismo fortalecido e longe de futuros problemas.

“Mas eu mando bisnaguinhas e suquinhos, menos refrigerante. Também não costumo enviar salgadinhos, só umas bolachas de vez em quando.” Cuidado, tudo o que industrializado pode ser prejudicial para a saúde, principalmente se consumido com certa frequência.

Pães bisnaguinhas possuem muito sódio. Já os sucos de caixinha têm uma alta quantidade de açúcar e conservantes na composição. A melhor maneira de manter a saúde das crianças é oferecer alimentos naturais e cardápios equilibrados. O que não pode faltar, então?

Fonte de proteínas

As proteínas são substâncias muito importantes para o ser humano, pois ajudam na boa manutenção do organismo. Alimentos como carnes (vermelha, frango e peixe), queijos, iogurtes, ovos e leite são boas fontes de proteínas. Agora, se a criança segue algum tipo de alimentação, como a vegetariana, pode encontrar nos grãos (leguminosas) o que precisa.

Fonte de energia

Normalmente, crianças são elétricas e gostam de andar de um lado para o outro. Para que elas possam gastar e repor as energias necessárias, é preciso ingerir alimentos que auxiliem nessa função.

Carboidratos como pães, bolos, massas e biscoitos são uma ótima opção para colocar na lancheira. Lembre-se: nada de industrializado, opte sempre pelos mais naturais, sem sódio, conservantes e nem açúcar. Uma boa alternativa é fazer em casa. Além de ser mais barato, você pode inovar nas receitas.

Frutas, legumes e verduras

Nada de bombom para a sobremesa! Crianças precisam de frutas para manter o organismo saudável. No geral, as frutas são ricas em vitaminas e minerais e ajudam a fortalecer o sistema imunológico, a regular o intestino, a prevenir gripes e resfriados, a combater os radicias livres e a estimular a mastigação. Melancia, melão, uva, morango, maçã e banana podem entrar no cardápio. Uma outra sugestão é sempre optar pelos produtos orgânicos, já que os convencionais, na maioria das vezes, têm uma grande quantidade de agrotóxicos.

Observação: caso queira manter a temperatura dos alimentos, adquira uma lancheira térmica. Se estiver em dúvida entre água e suco natural, opte por água, não há outra bebida mais saudável que ela.

Sugestão de cardápio semanal para a lancheira

Não sabe o que preparar para o seu filho? A chef e nutricionista Karin Paciulo preparou uma sugestão de cardápio semanal para a lancheira.

  • Segunda: lanche de pão integral com queijo+ tomatinho cereja+banana+água de coco
  • Terça:  castanhas (ou outra oleaginosa)+morango+bolo de milho+água
  • Quarta: ovinhos de codorna cozidos com azeite+cookies integrais+suco de maracujá+maçã
  • Quinta: biscoito de polvilho e batata doce+uvas+rolinhos de queijo+suco de goiaba
  • Sexta: panquequinhas de bananas integrais+cenoura no palito crua+chocolate 50% cacau (25g)+suco de uva integral

Outros lanches

  • Pipoca estourada na panela com óleo de coco
  • Tapioca com requeijão
  • Bolo integral
  • Batata doce chips assada
  • Ovo cozido
  • Iogurte natural com frutas, mel e granola-biscoitos integrais
  • Milho verde
  • Rolinho de pão folha com patê
  • Melancia e melão em bolinhas
  • Muffins de fubá com goiabada
  • Pepino em tirinhas

Aprenda sem sair de casa

Agora que já sabe o que pode colocar na lancheira dos seus filhos, que tal aprender uma receita deliciosa e saudável?

Pão de mandioquinha

Ingredientes

– 170 ml de água morna

– 160 ml de óleo

– 2 ovos inteiros e uma gema

– 5 g de sal

– 300 g de farinha de trigo integral

– 300 g de farinha de trigo branca

– 10 g de fermento biológico seco

– 250 g de mandioquinha cozida

– 40 g de açúcar

Modo de preparo

Misture bem os ingredientes secos. Em seguida, acrescente os ovos, o óleo e a mandioquinha já com a água batida no liquidificador. Sove, aos poucos, a massa, até desgrudar da mão. Modele os pães do tamanho que desejar. Deixe descansar por 1 hora. Antes de assar, pincele com gema de ovo batida. Leve a massa ao forno por 30 minutos a 180°, ou até dourar. Retire, deixe esfriar e sirva.

Rendimento: 23 pães

(As informações do cardápio e o preparo de outros lanches foram retiradas do e-book gratuito Como montar uma lancheira saudável para seu filho, uma parceria do 2Marias com o Namu Cursos). 

Tirou algumas dúvidas? Quer aprender mais a respeito? Não deixe de conhecer o curso online Lancheiras infantis saudáveis e mergulhe no mundo gastronômico das crianças. Preparado?