A alimentação saudável é um dos fatores mais importantes para mantermos nossa saúde em dia. Porém, será que você sabe escolher suas refeições e lanches? Foi pensando nisso que resolvemos fazer este post, relacionando alguns dos piores alimentos que temos o hábito de consumir  — e de que forma substituí-los!

Saiba que, quanto mais industrializado for o alimento, maiores danos causa à saúde — são eles sorvetes, cachorros-quentes, salgadinhos, refrigerantes, entre outros exemplos. Confira!

Pizza congelada

A pizza é muito apreciada e está entre os hábitos alimentares dos brasileiros. Contém gorduras saturadas, sal e farinha branca, que tem absorção rápida, fazendo com que a pessoa fique logo com fome novamente. No entanto, a versão congelada é ainda pior que a feita em casa, visto que ela tem um teor de sódio muito alto, que contribui para o aumento da pressão arterial e de doenças renais.

Alternativa saudável: diminua o consumo para apenas uma vez por semana e escolha a versão caseira com ingredientes mais saudáveis, como farinha integral. Reduza também a quantidade de sal e gordura. A cobertura pode, da mesma forma, ser mais saudável, com a redução da quantidade de queijo, por exemplo.

Salgadinhos de milho

Apesar de parecerem inocentes, os salgadinhos de milho contam com muitas substâncias químicas, como acidulantes, corantes e conservantes, que podem causar alergias. Além disso, eles são ricos em sal e gorduras saturadas, que fazem mal ao coração.

Alternativa saudável: a pipoca preparada com uma pequena quantidade de óleo vegetal e com pouquíssimo sal é uma excelente substituição.

Sorvete

sorvete, apesar de ser uma delícia, conta com poucos nutrientes e muita substância química, como corantes, conservantes, entre outros. Sua composição é basicamente de carboidratos de baixo valor nutricional, como o açúcar e o leite integral, que conta com gordura saturada. Tem também alto teor calórico, contribuindo para facilitar o aumento de peso.

Alternativa saudável: o sorvete de frutas no palito tem poucas calorias, além de ser mais saudável e ter menos gordura saturada. Outra substituição é uma boa salada de frutas, que é uma alternativa supernatural!

Cachorro-quente

O maior problema do cachorro-quente é a salsicha, que, na verdade, é um embutido ou uma carne processada. Uma salsicha tem, em média, 50 gramas e é rica em gorduras saturadas e sódio. Para sua conservação, são utilizados nitritos e nitratos considerados substâncias cancerígenas.

Alternativas saudáveis: elimine o cachorro-quente de sua alimentação e prefira opções saudáveis, como um lanche de pão integral com peito de peru ou queijo branco, por exemplo.

Refrigerante

O refrigerante, de uma forma geral, faz mal à saúde — os do tipo cola são piores. Além de terem muita quantidade de açúcar em sua composição, contam com componentes químicos maléficos. A versão diet é ainda mais nociva, visto que contém adoçantes artificiais. Eles estão relacionados a muitas doenças, como fadiga, compulsão alimentar, dores de cabeça, entre outros.

Alternativas saudáveis: opte sempre pelos sucos naturais feitos na hora, que contam com muitas vitaminas, entre outros nutrientes.

Biscoito recheado

O queridinho da criançada é um dos piores alimentos. Ele tem muita gordura hidrogenada, utilizada tanto para fazer o biscoito como para fazer o recheio — que é a pior parte desse tipo de guloseima. Além disso, é rico em açúcar, conservantes, sódio e corantes. Por isso, elimine-o de sua alimentação.

Alternativas saudáveis: opte por gelatina, salada de frutas, cookie integral, entre outras substituições. Se gostar muito de biscoitos doces, escolha sempre aqueles que não têm recheio.

A importância da alimentação

A boa alimentação é primordial para se manter a saúde. É por intermédio dela que absorvemos os nutrientes essenciais para que o organismo funcione na sua totalidade. Por isso, é tão importante saber escolher o que se põe à mesa e optar sempre pelos alimentos mais saudáveis.

A alimentação deve ser equilibrada, rica em frutas, legumes e verduras, gordura insaturada e uma boa dose de carboidratos, que é o que garantirá a energia do dia a dia.

Agora que você já conhece alguns dos piores alimentos para a sua saúde, procure evitá-los e manter uma alimentação com itens mais saudáveis!

O que achou deste post, útil, não é? O que acha, então, de conhecer nossa variedade de cursos sobre alimentação? Acesse nossa página!