Alimentação

Carambola: benefícios, sabor e cuidados

Os benefícios da carambola são muitos: é ótima para combater infecções, fortalece o sistema imunológico e ajuda a prevenir gripes e resfriados

  • 8 de out, 06:10
  • 0
carambola

Você já comeu carambola? Ou, quem sabe, já experimentou algum doce ou suco feito da fruta?

Seja como for, essa simpática fruta em forma de estrela, além de linda, é deliciosa e possui nutrientes e propriedades medicinais que são excelentes para tratar infecções, hipertensão, gripe e até manter as células jovens graças às suas substâncias oxidantes. 

Entretanto, também é importante saber que nem todo mundo pode comê-la. A fruta esconde uma toxina poderosa que pode causar males severos a portadores de diabetes e insuficiência renal.  

Neste artigo especial, você vai saber um pouco mais sobre a carambola, sua origem, suas propriedades, benefícios e também malefícios. Assim você pode decidir se deve incluir a simpática fruta em sua alimentação.   

A fruta carambola

Seu formato lembra uma estrela. De cor amarela, a carambola (Averrhoa carambola) se destaca das demais frutas por seu aspecto diferente e sabor único. 

benefícios da carambola

Nativa da Ásia, a fruta foi introduzida no Brasil em 1817 no estado de Pernambuco. Desde então, ganhou o paladar dos brasileiros. 

Mesmo deliciosa, a carambola não é produzida em grande escala como outras frutas. O mais comum é encontrá-la em sítios, fazendas e pomares domésticos.

Segundo a Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (CEAGESP), os meses de maior produção da fruta são janeiro, fevereiro, maio, junho, julho e agosto. 

As variedades da carambola podem ser dividas em doces, que possuem coloração amarelo-esverdeada, e ácidas, com a casca totalmente amarela. 

Israel, Tailândia e Malásia são os principais produtores mundiais da fruta.

Árvore da carambola

Como dissemos, a carambola não é comercializada em grande escala: é mais comum ver árvores da fruta em quintais, sítios e chácaras, onde é muito popular. 

Aliás, a caramboleira, como é chamada a árvore, é uma pequena frutífera que pode estar em jardins e até ser plantada em vasos grandes, podendo alcançar até 8 metros.

A árvore da carambola é uma ótima opção de árvore frutífera em vaso para compor um pequeno pomar: ela dura muito e seus frutos nascem rápido, normalmente na primavera ou no verão.

Se você deseja ter uma caramboleira em casa, lembre-se: ela precisa de muito sol ou no máximo meia-sombra. Seu solo precisa ser fértil e enriquecido com adubo orgânico, com bom espaço e regas regulares. 

Como comer carambola

O consumo da carambola é diversificado. As frutas mais ácidas, por exemplo, são bastante utilizadas na produção industrial. Sucos, sorvetes, doces, compotas, caldas e geleias são os produtos mais comercializados a partir da fruta. 

Também pode ser feito o chá da carambola, como veremos mais abaixo. 

O consumo in natura é a forma mais comum e saudável de ingerir a carambola, além de ficar ótima em saladas de frutas e sucos naturais. 

Aliás, sua aparência é tão interessante que alguns drinks utilizam a carambola cortada em forma de estrela para enfeitar os copos, trazendo um visual mais tropical e colorido.

Seu formato de estrela dá um charme especial na preparação de pratos quando cortada em fatias.

Benefícios da fruta 

Rica em vitaminas A, C, B, cálcio, fósforo e ferro, os benefícios da carambola são muitos. 

A fruta é ótima contra infecções, pois mantém o sistema de cicatrização das células e fortalece o sistema imunológico

Além disso, a ação antioxidante retarda o envelhecimento celular, uma vez que elimina os radicais livres, principais causadores do dano. O consumo frequente pode também prevenir gripes e resfriados.

“Por conter bastante água em sua composição, ela é indicada para tratar hipertensão. Suas propriedades adstringentes também são úteis no tratamento de diarreias e de doenças de pele, como psoríase e dermatites”, comenta a nutricionista Julia Florido. 

O chá feito com a carambola ajuda a combater febres e estimular o apetite. Contudo, para evitar problemas, o mais indicado é não exagerar na dose.

Carambola faz mal?

Apesar de todos os benefícios da carambola, também é conhecida por ser tóxica e prejudicial ao organismo. 

A caramboxina, toxina presente na carambola que atua no sistema nervoso, pode levar pessoas com insuficiência renal à morte. 

Em razão disso, o consumo da fruta deve ser feito com muita moderação por pessoas que têm diabetes e deve ser completamente evitado por quem sofre de insuficiência renal.

como consumir a carambola

“De acordo com um estudo desenvolvido pela USP, a carambola pode provocar crises de soluço, epilepsia, convulsões e, em casos mais graves, morte. Essa substância existe em baixa concentração na fruta, porém é tóxica”, declara a nutricionista Agnes Curto.

Segundo a especialista, a substância é normalmente eliminada por pessoas que não possuem problemas renais. “Por esse motivo, o consumo deve ser evitado por pessoas que realizam, por exemplo, hemodiálise”, reforça Curto. 

Além da caramboxina, a carambola contém grandes quantidades de ácido oxálico, substância que pode facilitar a formação de cálculos renais.

Para quem não tem restrições, o consumo da carambola, além de in natura, pode ser feito em doces e molhos.

Chá de folha

Pesquisas apontam que o consumo do chá da folha carambola, muito indicado para pessoas que têm diabetes, na verdade, não produz nenhum efeito nesse sentido. 

“Normalmente, ele é indicado para redução da glicemia em indivíduos diabéticos. Mas um estudo publicado em 2010 na revista Scientia Medica relatou que pacientes com diabetes mellitus tipo 2 que consumiram o chá não tiveram melhora nos níveis glicêmicos, ou seja, não houve redução na quantidade de açúcar no sangue nem alteração das funções renais”, conclui Florido.

Curso de gastronomia online

Como você percebeu, a carambola é mais do que uma fruta linda e saborosa: ela é repleta de nutrientes importantes para a saúde, mas também pode causar sérios danos para quem sofre de insuficiência renal e diabetes. Muito cuidado com ela.

Conheça agora o poder de outras frutas, legumes e verduras para sua saúde em nosso curso online de cardápio funcional completo e ainda aprender receitas incríveis para seu dia a dia. Adquira já seu curso, estude e pratique onde e quando quiser!