Ao longo dos anos, o corpo humano passa por diversas alterações em seu funcionamento e metabolismo. Até mesmo a digestão torna-se mais lenta com o avanço da idade, por isso o ideal é dar uma atenção especial para a alimentação na terceira idade.

Os idosos tendem a perder mais nutrientes e por isso sua alimentação precisa ser bastante nutritiva. Além disso, ao chegar na terceira idade o corpo sofre uma série de mudanças hormonais e no metabolismo.

Nesse período, a produção de saliva também se reduz, causando mais dificuldades no processo de mastigação e deglutição, o que impacta diretamente na quantidade e qualidade da ingestão do alimento. Diante de tantos fatores, alguns cuidados na rotina alimentar nessa idade devem ser seguidos. Continue a leitura e confira 6 deles.

Cuidados com a alimentação na terceira idade

1- Não pular refeições

Em toda a vida o ideal é que os horários de refeições sejam respeitados e seguidos, e na terceira idade isso é ainda mais importante. Pular refeições faz com que o corpo estoque gordura, o que pode contribuir para o aumento de peso.

2- Ter um cardápio equilibrado

É importante a alimentação na terceira idade seja composta por todos os grupos de nutrientes. Alguns, como vitamina D, proteínas, cálcio, zinco e vitamina B12, são ainda mais importantes para o funcionamento do organismo nessa fase. Invista em vegetais, frutas, legumes e produtos integrais, além de leite, queijo branco, iogurte e vegetais de cor verde-escura, como a couve e os brócolis. Várias receitas de pratos vegetarianos ficam prontos em minutos e são muito saudáveis.

3- Evitar alguns tipos de alimentos

Alimentos refinados e industrializados devem ser evitados, pois eles dificultam a absorção de nutrientes pelo intestino. A ingestão a longo prazo dessas substâncias pode gerar um cansaço orgânico que debilita e propicia a formação de doenças como prisão de ventre, obesidade e doenças cardíacas.

4- Não comer grandes porções de uma só vez

Como a digestão e processamento do alimento fica mais lenta nessa fase da vida, o ideal é que os idosos não comam grandes porções em uma só refeição. É recomendável investir na alimentação fracionada, ou seja, comer menos, dividindo em cinco refeições ao longo do dia para não sobrecarregar o estômago.

5- Aumentar o consumo de água

A quantidade de água que precisamos ingerir ao longo do dia varia muito de pessoa para pessoa, inclusive levando em consideração peso e idade. É importante que os idosos bebam água no intervalo das refeições, mesmo sem sentir sede, pois isso evita casos de desidratação, muito comum na terceira idade.

Sucos, refrigerantes e bebidas açucaradas não devem substituir o consumo de água. Esse é um ponto importante da alimentação na terceira idade.

6- Abusar dos temperos naturais

É importante que a quantidade de sal e óleo sejam reguladas para ter-se uma boa alimentação. Substitua-os por temperos naturais, por exemplo, cheiro verde, alho, cebola, manjericão, orégano, coentro, alecrim, entre outros.

Nutrientes importantes para a alimentação na terceira idade

Alguns nutrientes são ainda mais importantes após os 60 anos de idade. Ao chegar nessa fase da vida, o corpo precisa de nutrientes específicos para funcionar com vitalidade e perfeição. Confira alguns que não podem faltar no prato:

Zinco

Importante nutriente para aumentar a imunidade do organismo. Pode ser encontrado em oleaginosas, como nozes e castanhas, carnes vermelhas e arroz integral.

Cálcio

Nutriente essencial para o fortalecimento dos ossos. Ele pode ser encontrado no leite, gergelim, verduras de folhas verde-escuras e quinoa. O cálcio também é fundamental para o bom funcionamento do ritmo cardíaco e para a saúde do cérebro.

Vitamina D

Essencial para que o corpo absorva e metabolize corretamente o cálcio. A exposição solar é a melhor forma de adquiri-la.

Ômega-3

Nutriente que estimula a comunicação entre as células nervosas, ajudando a prevenir doenças degenerativas como mal de Alzheimer. Pode ser encontrado na sardinha, salmão, atum e cápsulas de óleo de peixe.

E então, gostou das dicas de alimentação na terceira idade? Compartilhe o post em suas redes sociais e ajude seus amigos e familiares a também terem mais saúde em seu dia a dia.