Como sabemos, frequentemente, verduras, frutas e legumes chegam até nós contaminados com agrotóxicos. No entanto, nem todas as pessoas têm conhecimento dos riscos reais que essas substâncias podem causar.

Uma pesquisa realizada pela Anvisa apontou que cerca de um terço dos vegetais consumidos em nosso país apresenta um nível de contaminação por agrotóxicos acima do permitido. Isso é bastante preocupante.

Por isso, neste artigo, vamos mostrar quais são os alimentos com maiores níveis de contaminação e quais são os riscos que o consumo exagerado pode causar à saúde. E ainda, o mais importante: você vai conferir 5 dicas fáceis para reduzir os agrotóxicos nos alimentos que consome. Então, continue a leitura e saiba mais!

O que os agrotóxicos podem causar?

Nem sempre os malefícios causados por esse tipo de produto são imediatos. Devido ao efeito cumulativo do veneno no organismo, muitas vezes, as consequências aparecem apenas depois de longos períodos de exposição. Alguns desses problemas são câncer, má formação fetal, problemas neurológicos, entre outros.

Quando os efeitos são imediatos e causados por uma exposição menor, os sintomas podem ser dores de cabeça e alergias. Vale lembrar que os perigos de intoxicação não se restringem apenas aos humanos, mas afetam igualmente os animais. Se por um lado os agrotóxicos servem para uma maior produção de alimentos, conservação e controle de pragas, por outro podem causar danos sérios a nossa saúde, principalmente em longo prazo.

Como reduzir os agrotóxicos nos alimentos?

Dificilmente é possível erradicar por completo o agrotóxico de um alimento, pois ele acaba absorvendo o produto durante o processo de crescimento. No entanto, existem algumas maneiras de minimizar sua ingestão. Abaixo, veja 5 dicas fáceis para higienizar seus alimentos:

1. Lavar com detergente neutro

Lave os alimentos em água corrente, com uma esponja específica para essa finalidade e usando detergente neutro.

2. Usar hipoclorito de sódio

Nesse caso, mergulhe os alimentos em água clorada ou com produtos à base de hipoclorito de sódio por cerca de 30 minutos. Após, lave-os em água corrente.

3. Evitar comer a casca

A casca é a parte que mais concentra os agrotóxicos, por isso tente evitar seu consumo. Com relação aos maços de verduras, retire as folhas externas.

4. Usar vinagre

Caso não tenha os produtos acima, você também pode mergulhar os alimentos em água com vinagre por, pelo menos, 30 minutos.

5. Utilizar iodo

Essa também é uma maneira eficaz na limpeza dos alimentos. A receita é usar 5 ml de iodo a 2% em 1 L de água filtrada.

Quais são os alimentos com maior presença de agrotóxicos?

A fim de ficar mais atento quanto à limpeza dos alimentos, é importante saber quais são campeões em utilização de agrotóxico. De acordo com o levantamento realizado pela Anvisa já mencionado no início do texto, o pimentão é o alimento que mais apresentou o produto em sua composição, seguido por uva, pepino e morango. Por outro lado, as amostras de batata não apresentaram agrotóxicos, ou seja, o alimento escapou do ranking.

Agora você já sabe quais riscos o uso dos agrotóxicos nos alimentos pode causar. Em vista disso, não deixe de lavar bem os alimentos que consome. Caso realmente queira se alimentar com produtos totalmente livres de agrotóxico, opte por alimentos orgânicos. Em linhas gerais, eles são cultivados por meio de técnicas que respeitam o meio ambiente e priorizam a qualidade do alimento, ficando livres de pesticidas e produtos químicos.

Gostou deste artigo sobre agrotóxicos nos alimentos? Aproveite que está por aqui e conheça os piores alimentos para sua saúde e aprenda a substituí-los.